Funcionário é assassinado dentro do Carvalho do Dirceu

Segundo a polícia, o crime teria motivações passionais. Sindivaldo Bacelar Soares foi alvejado com quatro tiros pelas costas.

17/07/2017 15:26h - Atualizado em 17/07/2017 17:12h

Compartilhar no

Um homem identificado como Sindivaldo Bacelar Soares, 38 anos, foi assassinado dentro do Comercial Carvalho do Dirceu, na Avenida Joaquim Nelson, por volta das 14 horas da tarde de hoje (17). De acordo com a polícia, o crime foi premeditado, teve motivações passionais e o autor foi apontado como sendo Dorival Ferreira de Almeida, que teria descoberto um relacionamento de sua ex- mulher com Sindivaldo. A vítima era encarregado de salão de loja do Carvalho.


Foto: Elias Fontinele/O Dia

Segundo o capitão Gomes Santos, do 8º BPM, vítima e suspeito se encontraram dentro do supermercado e as câmeras de segurança mostraram que os dois estavam apenas conversando. Quando Sindivaldo deu as costas, Dorival sacou a arma e efetuou pelo menos quatro disparos em sua direção. “O funcionário ainda tentou correr, ficou de pé um tempo, mas acabou caindo sentado e não resistiu”, relata o capitão. O PM acrescenta ainda que Dorival já havia ligado para a casa de Sindivaldo lhe fazendo ameaças, mas que nem ele nem sua família acreditaram que ele seria capaz de cometer o crime.


Foto: Elias Fontinele/O Dia

Uma ambulância do Samu ainda foi acionada, mas quando chegou ao supermercado, Sindivaldo já havia morrido. O Comercial Carvalho do Dirceu ficou fechado durante toda a perícia da Delegacia de Homicídios e os clientes que estavam dentro quando o crime aconteceu ficaram impedidos de sair, do mesmo jeito que quem estava do lado de fora não podia entrar.


Foto: Elias Fontinele/O Dia

Com relação ao suspeito do crime, a Polícia Militar informou que já tem o endereço completo de Dorival e que está em diligências para localizá-lo e efetuar sua prisão. Ele era técnico de segurança e estava em um Gol branco.

Veja as imagens registradas pelas câmeras de segurança do supermercado


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla, com informações de Nathalia Amaral

Deixe seu comentário