• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Homem que assaltou joalheria no Carvalho é preso na zona sul de THE

Rivaldo Welton também participou de assalto a agência dos Correios em Araguaína em 2013. Acusado foi preso em uma casa na Vila Irmã Dulce

17/09/2019 12:53h - Atualizado em 18/09/2019 10:46h

Delegado Laércio Evangelista explica prisão de foragido que assaltou joalheria no Carvalho Supermercado. (Foto: Assis Fernandes/ O Dia)

Os agentes doGRECO (Grupo de Repressão ao Crime Organizado) prendeu nesta terça-feira (17) um homem identificado como Rivaldo Welton Lima dos Santos, que estava foragidoda justiça desde o ano de 2013. Rivaldo é acusado de participação em diversoscrimes no Piauí e um no estado do Tocantins.

Segundo o delegado do GRECO, Laércio Evangelista, o acusado participou de uma saidinha de banco no ano de 2009, o assalto a uma joalheria localizada dentro do Carvalho Supermercado , na Avenida Homero Castelo Branco (Joalheria Diamantina) em dezembro de 2009, o assalto a uma drogaria no bairro Parque Piauí no ano de 2011 e assalto a agencia dos Correios da cidade de Araguaína, Tocantins, no ano de 2013, ano de expedição de seu mandado de busca.

Os policiais contaram com denúncias anônimas e diligências para conseguir realizar a prisão do acusado, que estava escondido em um endereço da zona rural de Monsenhor Gil, mas costumava passar alguns dias em uma casa no bairro Vila Irmã Dulce, zona sul de Teresina.

“Hoje ele foi localizado na vila irmã Dulce, ele também estava morando na zona rural de monsenhor Gil, mas hoje o Grego localizou ele nesse endereço e foi dado cumprimento ao mandado de prisão e não ofereceu resistência. Agora ele será encaminhado para ficar a disposição da Justiça”, explica o delegado Laércio Evangelista.

Rivaldo participou do assalto a joalheria no Carvalho Supermercado em 2009. (Foto: SSP/PI)

Segundo a polícia, no assalto realizado na Joalheria Diamantina, o acusado agiu em conluio com o advogado Ângelo Diógenes, que foi preso  com material explosivo e chegaram a levar  uma quantia de joias equivalente a R$ 1 milhão.

Rivaldo está custodiado na sede da GRECO e será encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina.

Edição: Rodrigo Antunes
Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário