Ex- presidiário é encontrado morto em Campo Maior

Segundo a polícia civil, o corpo não possui sinais de perfuração ou hematomas.

19/10/2013 12:38h - Atualizado em 19/10/2013 12:45h

Compartilhar no

O corpo de Antônio Carlos da Costa, de 25 anos,  vulgo Mucura, foi encontrado por populares na manhã de hoje (19), dentro de um cercado de arame  nas margens do rio Surubim, em Campo Maior, distante 82 km de Teresina. 

A polícia desconfia que ele possa ter sido atraído ao local por alguém, ou então, sido assassinado em outra zona  e o corpo €œdesovado€ no terreno, que é de difícil acesso.  Policiais civil e militar isolaram o local e acionaram o Instituto de Criminalística, que vai apontar os motivos da morte.

Segundo a polícia civil, o corpo não possui sinais de perfuração ou hematomas. Uma ex-companheira de Antonio Carlos afirmou que ontem (18) recebeu uma mensagem do de Mucura pedindo pra ver um filho que os dois tiveram juntos.

 Ela disse também que já a noite, Antonio Carlos teria passado por ela de bicicleta, levando uma outra mulher, e esta teria lhe jogado uma bagana de cigarro. A polícia investiga o  teor da mensagem e se o fato pode ter ligação com a morte.

Uma testemunha  disse que por volta das 20h  de ontem, viu um carro preto circulando na região. A polícia trabalha com todas as hipóteses.

Morto tinha passagem pela polícia

Mucura foi preso em junho deste ano pela polícia de Campo Maior, por força de um mandado judicial sob acusação de vários assaltos, inclusive durante o festejo de Santo Antonio, padroeiro da cidade. Ele ficou €œfamoso€ depois de postar fotos nas redes sociais manuseando arma de fogo.

Foto:CampoMaiorEmFoco

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: CampoMaiorEmFoco
Edição: Izabella Pimentel

Deixe seu comentário