Estudante morre em grave acidente com picape na Avenida Cajuína

Marco Antônio Guedes Alcoforado tinha acabado de passar no vestibular.

06/07/2014 10:05h - Atualizado em 06/07/2014 12:26h

Compartilhar no

Um grave acidente de trânsito na Avenida Cajuína terminou com uma pessoa morta e duas feridas, no início da manhã deste domingo, dia 6. O estudante Marco Antônio Rego Guedes Alcoforado morreu depois de sacar da picape modelo Nissan Frontier (placa OUD-5882), que colidiu violentamente contra um poste no canteiro central da avenida.

Equipes da Superintendência de Transportes e Trânsito (Strans) e da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) estiveram no local para isolar o trecho da avenida e orientar os motoristas.

Segundo testemunhas, o veículo trafegava em alta velocidade, o que contribuiu para que o condutor perdesse o controle da direção.

De acordo com a polícia, era o próprio estudante quem conduzia o carro, e no momento do acidente ele não usava o cinto de segurança.

Com o forte impacto, a picape ficou completamente destruída, e o poste foi derrubado, provocando uma suspensão no fornecimento de energia em vários bairros da região.

O estudante Marco Antônio tinha apenas 17 anos. Ele era filho de Antônio Guedes, gerente da agência do Banco do Brasil de Esperantina, e sobrinho de Francisco Guedes, ex-secretário de Assistência Social e Cidadania do Piauí.

No final de maio, o jovem conseguiu a aprovação para cursar Engenharia Civil na Uninovafapi. Seu sonho era ser piloto de avião.

Com o forte impacto, poste foi derrubado, e bairros situados nas imediações ficaram sem energia elétrica 

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário