Empresário é suspeito de assediar menino de 11 anos em Picos

Promotor de eventos de uma agência de modelos na cidade teria assediado menino e comprado fotografias pornográficas envolvendo crianças.

22/06/2017 09:50h - Atualizado em 22/06/2017 11:30h

Compartilhar no

Um empresário da cidade de Picos foi alvo de uma operação da Polícia Civil. Ele é suspeito de pedofilia e exploração sexual de menores. O homem trabalha em uma empresa de modelos na cidade, e estaria aproveitando-se dos serviços prestados para assediar um menino de 11 anos.

A ”Operação Verdades” foi deflagrada na manhã de hoje (22), e cumpriu mandados de busca na casa e na empresa do suspeito, que não teve o nome divulgado pela Polícia. Os policiais apreenderam o celular e outros aparelhos, para que passem por uma perícia. Os policiais acreditam que podem encontrar mais provas em fotos e vídeos desses dispositivos.

Os investigadores irão periciar o celular dele em busca de fotos, vídeos, mensagens e todo o material relacionado ao crime. Quem preside a investigação é o delegado Jonatas Brasil. Até o momento, os policias encontraram indícios de dois crimes praticados pelo acusado: assédio de criança com fim de praticar ato libidinoso e a compra de fotografias com cena pornográfica envolvendo criança.

O acusado não chegou a ser preso. Ele foi levado até a delegacia, prestou depoimento e foi liberado em seguida. Os policiais chegaram a pedir a prisão do empresário, mas apenas os mandados de busca e apreensão foram concedidos. A investigação continuará, buscando informações sobre uma suposta rede de exploração sexual, tanto de menores como de adultos.


Compartilhar no
Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário