Empresária é presa por golpes em vendas de carros usados

Pelo menos 19 pessoas teriam sido vítimas; valor dos prejuízos somados ultrapassa os R$ 100 mil.

20/07/2017 08:49h - Atualizado em 20/07/2017 09:33h

Compartilhar no

Uma empresária foi presa acusada de praticar golpes contra, pelo menos, 19 pessoas em acordos de compra e venda de carros usados. Ester Barbosa, de 38 anos, era proprietária de uma revendedora de veículos e já era investigada desde o início do ano.

O delegado Marcelo Dias, titular do 7º DP, comenta que ainda não se sabe a extensão do prejuízo causado pelo esquema. “Contabilizado, temos mais de 17 pessoas [vítimas do golpe]. Depois da prisão, já apareceram mais duas”, conta. Mais vítimas ainda podem aparecer. 

O crime acontecia na revendedora de veículos usados. Segundo o delegado, as vítimas deixavam o carro no local para serem vendidos. A empresária então vendia o veículo, mas não repassava o valor para o antigo dono. “Ela ficava enrolando e, passados alguns dias, sumia do mapa. Ela e o companheiro dela só vivem se escondendo das pessoas”, disse o delegado Marcelo. 

Quando era encontrada, a empresária reagia, chegando até a agredir fisicamente as pessoas. “Ontem, na delegacia, chegaram essas duas novas vítimas. Quando ela foi colocada diante delas, foi altamente agressiva, xingando, dizendo que já havia pago. Mas ela não apresenta nenhuma nota fiscal, recibo, nenhum documento”, relatou o delegado Marcelo Dias.

Em cada caso, o delegado explica que o valor do prejuízo causado pelo golpe variava entre R$ 10 a 20 mil. "Assim, só em dez casos já se alcança a marca de R$ 100 mil", disse.

A revendedora de veículos, que funcionava na avenida Centenário, na zona Norte de Teresina, fechou as portas ainda no início de 2017. Desde essa época, as vítimas foram chegando à delegacia e a polícia começou a investigação, que culminou na prisão da empresária pelo crime de apropriação indébita. Ester Barbosa foi presa em casa, no Bairro São Joaquim, pela DICAP (Divisão de Capturas da Polícia Civil), por cumprimento de mandato do 7º DP. 

Compartilhar no
Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário