Dono da Casa do Camarão é assassinado com tiro na cabeça

O empresário João Antônio Santos, dono da Casa do Camarão, foi assassinado no início da noite de hoje (03) em sua própria loja, na rua João Cabral, no centro de Teresina.

03/11/2009 21:47h

Compartilhar no
O empresário Antônio Santos, dono da Casa do Camarão, foi assassinado no início da noite de hoje (03) em sua própria loja, na Rua João Cabral, no centro de Teresina. Antônio Santos levou um tiro na cabeça e morreu na hora.

De acordo com a polícia, dois homens chegaram de moto ao local por volta das 18h, com a intenção de assaltar o estabelecimento. Enquanto um homem ficou na moto, o outro entrou pela sala do secretário de Antônio Santos e anunciou o assalto. O empresário reagiu e jogou uma cadeira no assaltante, que estava armado com um revólver. A Polícia suspeita que a arma utilizada tenha sido uma pistola 765. O assaltante acertou um tiro na cabeça do empresário. Um outro tiro teria acertado seu peito.

Os dois criminosos conseguiram fugir, mas não levaram nada do estabelecimento. Equipes da RONE (Rondas Ostensivas de Natureza Especial) e da Polícia Militar compareceram ao local do crime para iniciar a investigação. Uma filha de Antônio também foi à Casa do Camarão a tempo de encontrar o corpo do empresário, antes da chegada do carro do Instituto Médico Legal (IML).

Segundo o investigador Carlos Araújo, do 1º Distrito Policial, não há indícios de que o homicídio tenha relação com o suícidio da esposa do empresário, Lúcia Santos, dona da delicatesse Callamares.

Em março deste ano, o corpo de Lúcia foi encontrado nas águas do Rio Poti, com sinais de afogamento. Na ocasião, o marido e um irmão da empresária reconheceram o cadáver. A autópsia apontou suicídio como causa da morte, embora tenha sido cogitada a hipótese de assassinato.

CICO assume caso

Por determinação do secretário estadual de Segurança Pública, Robert Rios Magalhães, a Comissão Investigadora do Crime Organizado (CICO) assumiu as investigações do assassinato de Antônio dos Santos.

A gerente da loja que vendia frutos do mar informou à Polícia que o proprietário ainda pediu ajuda, mas acabou falecendo em seus braços, antes de receber atendimento.

Parte das características físicas de um dos suspeitos já foi relatada à CICO. Trata-se de um rapaz alto, magro e moreno.

Confira a cobertura da morte de Lúcia Santos:
Dona da Callamares abandona carro e se joga no Rio Poty
Familiares da dona da Callamares usam lancha e até jet ski na busca
Buscas por empresária são suspensas por 12 horas; filha pede cautela aos jornalistas
IML confirma morte de empresária por afogamento. Veja as fotos!
Compartilhar no
Fonte: Larissa Gomes e Diego Iglesias
Edição: Portal O Dia
Por: Portal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário

Tags: