• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Policia desarticula quadrilha e apreende carro e jet ski

Integrantes da quadrilha estavam sendo monitorados há cerca de quatro meses pela Polícia Civil do Piauí.

08/08/2019 17:56h - Atualizado em 09/08/2019 09:15h

A Polícia Civil do Piauí efetuou, na tarde desta quinta-feira (8), a prisão de quatro pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha que estava traficando drogas em Teresina, sobretudo crack. Entre os presos há uma mulher, Edilaine Cassola Ferreira, e três homens - Elielton Pereira Portela, Pedro Vítor Rosa da Silva e Valdir Alves Caldeira.

De acordo com o delegado Cadena Júnior, coordenador da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), Valdir é casado com Edilaine Cassola, e seria o líder do grupo criminoso. Ele usava uma identidade falsa, com o nome Valdeir Alves Caldeira, e já teria forjado a própria morte, para não ser localizado pela Polícia.

Os integrantes da quadrilha estavam sendo monitorados há cerca de quatro meses pela Polícia Civil do Piauí.

"Estava tendo uma grande rotatividade de veículos, alguns de luxo, e inclusive de um jet ski [na residência de Valdir Caldeira]. Isso começou a chamar atenção da vizinhança. Recebemos denúncias anônimas, fizemos o monitoramento e hoje houve uma movimentação muito grande na residência, o que chamou a atenção dos investigadores que estavam em campo. Nós pedimos à Justiça a busca em três endereços, que foi concedida diligentemente pelo Dr. Luís Henrique [juiz], da Central de Inquéritos, e conseguimos lograr êxito", detalha o delegado Cadena Júnior.

Na casa onde Valdir Caldeira morava com Edilaine Cassola, os policiais da Depre apreenderam onze veículos, um jet ski, quase 8 kg de crack e um revólver calibre 38. O imóvel fica localizado no bairro Recanto das Palmeiras, zona Leste de Teresina.

Na residência do casal também estavam todos os veículos apreendidos, além de seis tabletes de crack e R$ 11.100 em dinheiro.

Já com Elielton Pereira Portela e Pedro Vitor Rosa os policiais encontraram outro tablete de droga, além da quantia de R$ 8.300.

"Informalmente, conversando com o Valdir no momento da prisão, ele disse que se mudou para o Piauí há cerca de dois anos, e que realmente estava fazendo o tráfico de entorpecentes durante esse período. 

Valdir Caldeira e Edilaine Cassola são do Mato Grosso, Pedro Rosa é do Maranhão e Elielton Portela é piauiense. Os quatro serão indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Valdir ainda deve responder por posse irregular de arma de fogo.

A Polícia suspeita que o grupo retirava os airbags para colocar a droga que era trazida para Teresina.

"Eles transportavam e traficavam uma grande quantidade de drogas, principalmente de crack. Houve, ainda, uma grande quantidade de veículos apreendidos, o que foge do padrão de apreensões que têm sido feitas aqui no Piauí. Nós identificamos que a maioria dos carros  possui alguns sinais de modificação, inclusive nos airbags e em outros locais, o que justificaria a grande quantidade de carros, que seriam usados para fazer o transporte dessas drogas", detalha o secretário de Segurança Fábio Abreu, que também esteve presente na coletiva de imprensa em que os integrantes da quadrilha e os itens apreendidos foram apresentados.

O delegado Cadena Júnior destacou a importância das denúncias anônimas feitas por populares, e fez um apelo para que a população continue relatando situações suspeitas.

Por: Cícero Portela e Francisco Filho

Deixe seu comentário