• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

"Apuração de crimes cometidos 'dentro de gabinetes' ganha força"

Declaração foi feita pelo delegado Ferdinando Araújo, durante inauguração da Delegacia de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro, nesta segunda-feira.

17/06/2019 17:41h - Atualizado em 18/06/2019 09:25h

A Secretaria de Segurança Pública inaugurou, na manhã desta segunda-feira (17), a Delegacia de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Deccor-LD), que vai funcionar na sede da Corregedoria-Geral de Polícia Civil do Piauí. 

A solenidade contou com a presença do secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, do delegado-geral da Polícia Civil, Luccy Keiko Leal Paraíba, da diretora de gestão interna da SSP, delegada Anamelka Cadena, do corregedor de Polícia Civil, Emir Maia, do promotor de justiça Sinobilino Pinheiro, do juiz de direito Leornado Lúcio Trigueiro e do advogado Marcos Vinícius Nogueira, presidente da comissão de prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Piauí.

A Deccor-LD foi criada com objetivo de intensificar o combate a infrações penais cometidas contra órgãos e entidades da administração pública direta e indireta do Piauí e de seus municípios. A equipe da Deccor-LD será coordenada pelo delegado Ferdinando Araújo e pela delegada Tatiana Trigueiro, sendo formada por cinco agentes e dois escrivães capacitados para atuar nas novas funções. 

A equipe designada para atuar na nova delegacia será responsável também pelos inquéritos policiais e demais procedimentos instaurados que estavam em tramitação na Divisão de Combate à Corrupção (Dccor), do Grupo de repressão ao Crime Organizado (Greco).

O secretário Fábio Abreu (Foto: Divulgação SSP)

"É um ganho para sociedade piauiense e também para a Polícia Civil, porque vamos ampliar o trabalho voltado para apurar infrações penais cometidas dentro de gabinetes, dentro de silenciosos corredores, e teremos a missão, agora com estrutura própria, de identificar e produzir elementos de provas, inquéritos e subsidiar futuras ações penais para o Ministério Público. Nossa equipe desenvolve esse trabalho sempre contando com a colaboração do laboratório de lavagem de dinheiro, que é a ferramente-chave para a produção dessas provas", ressaltou o delegado titular da Deccor-LD, delegado Ferdinando Araújo.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a criação da Deccor-LD atende às disposições previstas em leis como a de Licitações e de Lavagem de Dinheiro, que dão ênfase à repressão de crimes contra a administração pública em todas as esferas.

A nova delegacia foi criada por meio da portaria n°031-GDG/AN/2019, assinada pelo delegado-geral Luccy Keiko Leal.

"Com a Deccor-LD, a Polícia Civil do Piauí passa a ter uma unidade específica dedicada ao combate à lavagem de dinheiro, o que é uma iniciativa que veio para contribuir com o aumento do valor financeiro do Piauí no SUSP, de forma integrada com os objetivos de nível nacional, vamos reforçar, cada vez mais, as parcerias entre os órgão públicos", destacou o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu.

Por: Cícero Portela

Deixe seu comentário