Criminosos roubam vacas leiteiras de fazendas no Piauí para vender carne ilegalmente

A denúncia foi feita pela deputada estadual Teresa Britto. As vacas estavam prenhes e os bezerros foram mortos durante o ato.

27/07/2021 09:42h - Atualizado em 27/07/2021 13:23h

Compartilhar no

A deputada estadual Teresa Britto (PV) postou em suas redes sociais fotos chocantes de vacas leiteiras prenhes que foram mortas para que tivessem a carne vendida de maneira ilegal no município de Água Branca, a 100 km de Teresina. Ainda segundo a denúncia feita pela parlamentar, os bezerros já estavam bem desenvolvidos, mas, devido ao ato, não resistiram e também morreram.

(Foto: Reprodução/redes sociais)

Nas imagens é possível ver que as carcaças dos animais foram abandonadas em meio à mata. Também é possível ver que os bezerros ainda estavam sendo ligados com o cordão umbilical à placenta. O couro dos bovinos também foram abandonados no local.

“Vejam que monstruosidade está acontecendo no Piauí, na região do município de Água Branca e adjacências. Ladrões matando vacas de leite grávidas, nos dias de dar cria, para vender a carne na moita. Os bezerros nessa situação ficam mortos”, disse a deputada estadual na publicação.

A parlamentar informou que os proprietários dos animais já registraram boletins de ocorrência, mas que até o envio da denúncia não haviam identificado os criminosos. Teresa Britto enfatizou que irá cobrar providências da Secretaria de Segurança Pública (SSP) para que os responsáveis sejam identificados e presos. 

Contraponto

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que, até o momento, nenhuma denúncia sobre o caso foi registrada junto ao órgão.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário