• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Corpo é encontrado carbonizado em matagal na zona Norte

Devido à carbonização, os policiais estão com dificuldades de realizar o reconhecimento da vítima. Corpo foi recolhido pelo IML.

09/08/2019 13:00h - Atualizado em 09/08/2019 13:40h

O corpo de um homem foi encontrado carbonizado por volta de 10h40 desta sexta-feira (9) no residencial Leonel Brizola, na zona norte de Teresina. Populares avistaram o corpo dentro de um matagal da região e acionaram a polícia.

Segundo o delegado Valter Cunha, do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), a vítima é do sexo masculino e calçava um sapatênis de cor preta e meias azuis. "Os elementos de identificação são difíceis. A única coisa que pudemos constatar foi que a vítima estava com um sapatênis preto, com detalhes brancos nas laterais, meias azuis e tinha as unhas do pé bem feitas, pintadas de transparente", destacou.

Corpo é encontrado carbonizado em matagal na zona Norte. (Foto: Elias Fontenele/O DIA)

A vítima foi encontrada enrolada em uma lona azul. A combustão do material em contato com o corpo impossibilita a identificação, não sendo possível precisar a idade ou estatura da vítima. Devido ao estado em que foi encontrado, a perícia criminal não conseguiu identificar lesões na região das costas ou do dorso. "A cabeça está prejudicada para identificação por causa desse material plástico, mas no IML vai ser feito um trabalho mais aprofundado no sentido de procurar uma identificação", explica o delegado.

A suspeita, até o momento, é de que o homem tenha sido assassinado em outro local e levado em um carro até o matagal, onde foi carbonizado. Pelo sangue encontrado no local, a perícia estipula que o homem tenha sido morto ainda na madrugada desta sexta-feira. "O perito informou que o sangue encontrado no local ainda não estava completamente coagulado, então ao que indica não está com muito tempo, possivelmente foi morto na madrugada e tenha sido desovado aqui", relatou.

Corpo é encontrado carbonizado em matagal na zona Norte. (Foto: Elias Fontenele/O DIA)

Segundo o tenente Ramos, do 13º BPM, a suspeita inicial era de que o corpo fosse de um indivíduo da região que é conhecido por ter passagens pela Polícia. No entanto, a hipótese ainda não foi confirmada. "Estávamos pensando que fosse ser um indivíduo que já é conhecido pela gente, mas não tem nenhuma característica de que seja o mesmo, até agora o pessoal da perícia tentou buscar alguma coisa que identificasse ele, mas não tem como", afirma.

Corpo é encontrado carbonizado em matagal na zona Norte. (Foto: Elias Fontenele/O DIA)

O delegado pede que qualquer pessoa que tenha familiares desaparecidos procure o IML para fazer o reconhecimento. O corpo foi recolhido pelo Instituto de Medicina Legal e o caso deverá ser investigado pelo DHPP.

Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário