Colisão deixa 4 mortos e 4 feridos na BR-316, entre Timon e Caxias

O acidente envolveu dois automóveis que bateram de frente após ultrapassagem proibida

07/08/2013 08:18h - Atualizado em 07/08/2013 16:43h

Compartilhar no

Um grave acidente deixou quatro pessoas mortas e quatro feridas na manhã de hoje (7), na BR-316, entre Timon e Caxias, no Maranhão. O acidente aconteceu por volta das 7h30.

O chaveiro Lucas Silva Santos, que mora próximo à rodovia, passava pelo local no momento do ocorrido. "Eu só ouvi o barulho e, quando fui olhar, tinha dois carros virados para o acostamento saindo fumaça", contou.

Fotos: Assis Fernandes/O DIA

Segundo o inspetor Pedro Filho, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Caxias, a colisão, do tipo frontal, envolveu dois automóveis: um Prisma de cor prata e placa HNO-4734, de Açailândia (MA), e um Ford Focus também de cor prata, de placa NWY-5459, de Gurupi (TO). Ao todo, oito pessoas ocupavam os dois carros.

O cabo Neves, da Polícia Militar do Maranhão, disse que o acidente foi causado pelo Prisma, que vinha no sentido Caxias-Teresina. "Ele fez uma ultrapassagem proibida e bateu de frente com o Focus, que seguia no sentido contrário [Teresina-Caxias]. A causa foi imprudência mesmo. Ultrapassagem na faixa Caxias-Teresina é proibida. Essas marcações no asfalto não são só ilustração. O problema é a falta de consciência das pessoas", afirmou.

"No Prisma houve uma vítima fatal e três sobreviventes. Dos quatro ocupantes do Focus, apenas uma pessoa sobreviveu", acrescentou o cabo.

Dos ocupantes do Prisma, morreu no local Lara Vilani Alves Rocha. O marido dela, Alfredo Maia da Silva Neto, e os filhos, Natan Rocha da Silva, 13 anos, e Yasmim Rocha da Silva, 16 anos, foram trazidos para o Hospital de Urgência de Teresina. 

No Focus, três pessoas vieram a óbito e uma foi socorrida com vida. Os nomes não foram divulgados. 

Uma equipe do Corpo de Bombeiros retirou as vítimas que ficaram presas nas ferragens. Os dois veículos ficaram completamente destruídos e, com a força do impacto, giraram na pista. Segundo a PRF, o engarrafamento causado pelo acidente chegou a 10 km de extensão.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário