Churrasco levanta suspeitas e polícia prende dois por arrombamento

Dupla é suspeita de arrombar estabelecimentos na Nova Ceapi e vender mercadoria em para pequenos comerciantes.

04/07/2017 11:10h

Compartilhar no

Policiais do 4º DP conseguiram prender dois homens suspeitos de fazer arrombamentos e causar prejuízos a comerciantes da Nova Ceapi, na zona Sul de Teresina. A dupla foi presa após chamar atenção ao fazer um churrasco com algumas peças de carne furtadas do local. A polícia ainda procura um suspeito.

Segundo o investigador Veras, que participou da prisão, o grupo seria formado por dois homens responsáveis pelos arrombamentos, que estão presos, e um outro que trabalha na Ceapi e teria dado a dica para os dois primeiros. O grupo é apontado pela Polícia Civil como autor de pelo menos quatro arrombamentos na Central de Abastecimento.

(Foto: Divulgação)
“Eles entraram pelos terrenos baldios que ficam na parte de trás da CEAPI. Fizeram arrombamentos em vários locais”, relata o investigador. Só de um frigorífico, teriam levado cerca de 60kg de carne, entre picanha e frango. Também foram furtadas duas balanças digitais, dezenas de cartelas de ovos, maços de cigarro e caixas de alho. Além do furto, a dupla ainda causou prejuízo ao quebrar o teto de algumas lojas e pisar em mercadorias.

Os investigadores apuraram que boa parte da mercadoria roubada foi vendida para pessoas e pequenos comerciantes do bairro Santa Luzia. Algumas destas pessoas estão sendo intimadas a depor e podem ser indiciados por receptação de produto furtado. Até o momento, seis pessoas foram chamadas. Uma pequena parte da mercadoria roubada pôde ser devolvida aos donos.

Os policiais iniciaram a investigação ainda no fim da manhã de ontem (3), quando tiveram conhecimento de que os dois suspeitos estavam fazendo uma festa com a mercadoria furtada. “Passaram a manhã toda assando carne e tomando cachaça. A conversa correu logo e chegou nos nossos ouvidos”, disse o investigador Veras. Segundo ele, a polícia tem imagens de câmeras de segurança da CEAPI que mostram os dois praticando o crime.

A prisão foi feita por volta das 16h de ontem (3). Os presos são Francisco Jorge Costa, de 19 anos e Maycon da Silva Filho, conhecido como “Negrão”, de 32 anos. Além deles, a polícia procura pelo terceiro acusado, que seria conhecido pelo apelido de “Lourinho”.

Compartilhar no
Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário