Casal morre asfixiado enquanto fazia sexo dentro de carro

Corpos estavam dentro de carro em uma casa no bairro da Covanca

20/12/2012 14:30h

Compartilhar no

Os corpos da auxiliar de escritório Verônica Souza de Leão Mendes Franco, de 21 anos, e do cabo da Marinha Diogo Moreira Quadros, de 23, que estavam desaparecidos em São Gonçalo, foram encontrados na manhã desta quarta-feira. De acordo com a polícia, o casal de namorados estava dentro de um carro em uma casa no bairro da Covanca. Por determinação da chefe de Polícia Martha Rocha, as investigações sobre a morte do casal estão a cargo da Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói e São Gonçalo (DHNSG). De acordo com o delegado Wellington Pereira Vieira, titular da especializada, todas as hipóteses estão sendo investigadas. Segundo ele, os corpos foram encaminhados para exame de necropsia para identificar a causa da morte e realizada perícia no automóvel visando descobrir se houve algum tipo de vazamento ou falha de mecanismo do carro.

Mais cedo, de acordo com o site do jornal Extra, o delegado Henrique Vianna, adjunto da 73ª DP (Neves), afirmou que Diogo e Verônica não foram assassinados, mas que eles morreram asfixiados por gás carbônico, enquanto namoravam no carro. O Gol estava na garagem da casa em que Verônica e Diogo morariam, na Rua Pio Borges, no bairro da Covanca, em São Gonçalo.

Os dois desapareceram na última quinta-feira quando voltavam de um supermercado em Niterói. Verônica e Diogo namoravam há dois anos e meio, e marcaram o noivado para o dia 24, junto com a ceia de Natal. O casal tinha ido ao supermercado comprar refrigerantes para a festa.

Câmeras da loja registraram a saída do estacionamento às 21h37m. A partir de meia-noite, a família começou a ligar para os telefones de Verônica e Diogo. Neste horário, os telefones ainda estavam chamando.O Disque-Denúncia chegou a pagar R$ 2 mil por informações que levassem ao casal desaparecido. Cartazes com a foto da auxiliar de escritório e do cabo da Marinha também foram distribuídos. Pelo menos três informações sobre o desaparecimento do casal foram repassadas à polícia.

Compartilhar no
Fonte: O Globo

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário