Capitão da Polícia Militar é assassinado a tiros na cidade de Timon

O PM foi atingido na cabeça ao reagir a uma tentativa de assalto em um restaurante na Avenida Presidente Médici.

26/07/2017 16:18h - Atualizado em 26/07/2017 16:51h

Compartilhar no

O capitão da Polícia Militar, Antônio Carlos Pintos de Farias, foi assassinado por volta das 14h45 de hoje (26), na cidade de Timon-MA. Segundo informações da Polícia Militar, o capitão foi assassinado em uma tentativa de assalto em um restaurante localizado na avenida Presidente Médici. 

De acordo com a subdiretora do Departamento de Comunicação da PM, coronel Elza, o policial foi alvejado ao reagir a uma tentativa de assalto. Um dos suspeitos de praticar o latrocínio também foi atingido por disparos e foi encaminhado para o HUT. 

O capitão da Polícia Militar do Piauí, Antônio Carlos Pintos de Farias, foi assassinado em uma tentativa de assalto. (Foto: Divulgação/PM)

Em entrevista ao Portal O Dia, o comandante do 11º BPM de Timon, tenente-coronel Jairo Xavier, informou que o capitão estava em um restaurante almoçando, quando os dois indivíduos chegaram armados e anunciaram o assalto. Ao ser abordado pelos assaltantes, o capitão da PM reagiu e atingiu um dos suspeitos. Em seguida, o assaltante atingido pelo disparo revidou e atingiu o policial militar com um tiro na cabeça. 

O capitão Antônio Carlos veio a óbito ainda no local do crime. Após o homicídio, os dois suspeitos se evadiram do local. Após diligências, o suspeito atingido pelos disparos efetuados pelo PM foi capturado pela Polícia Militar próximo a linha do trem e conduzido para o HUT. “Ele está sendo custodiado no HUT, e assim que receber alta médica será conduzido para a Central de Flagrantes”, explica o comandante do 11º BPM.

Uma das armas usadas no crime. (Foto: Divulgação/PM)

A Polícia Militar ainda está em diligências em busca do segundo suspeito de participar do latrocínio. De acordo com o tenente-coronel Jairo Xavier, a mãe de um dos envolvidos no assassinato se encontra no 11º BPM, e em breve serão divulgados os nomes e idades dos dois suspeitos.

Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário