Cajueiro da Praia: Prefeito pede atuação da Força Estadual de Segurança

O prefeito solicitou também a atuação da Polícia Federal devido o município fazer divisa com o estado do Ceará

03/11/2021 16:43h - Atualizado em 03/11/2021 17:08h

Compartilhar no

O avanço da criminalidade no município de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí, levou o prefeito da cidade, Felipe Ribeiro (Republicanos), a pedir a atuação da Força Estadual de Segurança. Os atos de violência se intensificaram nos últimos dias com registros de assassinato e troca de tiros entre criminosos. 


Leia tambémForça Estadual de Segurança vai atuar contra facções, diz Wellington Dias 


No ofício encaminhado a Secretaria de Estado da Segurança, o prefeito apontou que o aumento da violência é causado pelo que classificou como guerra entre facções. “Solicitamos com urgência o envio da Força Estadual de Segurança para o município”, pediu o gestor.

Foto: Reprodução / Facebook 

Felipe Ribeiro solicitou também a atuação da Polícia Federal devido o município fazer divisa com o estado do Ceará e observar o aumento do tráfico de drogas patrocinado por uma facção criminosa que se instalou recentemente na região. Já ao governador Wellington Dias, a solicitação é para a instalação de uma Delegacia de Polícia Civil e a nomeação de um delegado titular. 

O município que é uma das novas rotas turística do Nordeste pelo crescimento de visitantes na praia de Barra Grande conta com um Agrupamento da Polícia Militar (GPM) e é atendida pela Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur) de Luís Correia e pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE). 

Morte

O caso mais recente de violência em Cajueiro da Praia foi registrado nessa terça-feira (2), quando um homem foi morto com pelo menos 15 disparos de arma de fogo . De acordo com a Polícia Militar, três homens chegaram em um carro, invadiram a residência em que a vítima se encontrava e dispararam várias vezes. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário