Bandidos fazem moradores de escudo humano para arrombar caixa eletrônico

Explosivos usados pelo grupo armado, entretanto, não conseguiram abrir o terminal bancário, e grupo fugiu de mãos vazias.

01/06/2017 10:05h

Compartilhar no

Um grupo de bandidos armados tentou arrombar um caixa eletrônico na cidade de Pimenteiras (297 km de Teresina). O grupo fez moradores da cidade de reféns e explodiu o terminal bancário, mas não conseguiram pôr as mãos no dinheiro.

Caixa eletrônico ficou danificado, mas bandidos não tiveram acesso ao dinheiro (Foto: Polícia Militar)
De acordo com o capitão Santos, comandante da Polícia Militar de Valença, o crime ocorreu por volta das 2h30min de hoje. Os bandidos chegaram na cidade em uma caminhonete Hilux de cor branca efetuando disparos para cima. “Essa tática eles usam para amedrontar a população”, comentou o capitão.

O bando se dirigiu até o posto de atendimento do banco Bradesco, que tem apenas um terminal bancário. Segundo o capitão Santos, cotidianamente várias pessoas ficam no local, mesmo durante a madrugada, para esperar condução feita por carros comuns ou ônibus, para cidades vizinhas.

Posto de atendimento ficou completamente destruído pela explosão (Foto: Polícia Militar)
“Eles pegaram essas pessoas, que já estavam na frente da agência, e ordenaram que ficassem na frente do posto, para servirem de escudo humano caso a Polícia chegasse”, explica o capitão. Após organizarem os reféns, os bandidos usaram explosivos para abrir o caixa eletrônico. Porém, a explosão não foi capaz de arrombar o terminal, e o grupo teve de fugir do local sem levar nada.

O capitão Santos afirma que nenhum refém ficou ferido. A polícia segue em diligências para encontrar o grupo de assaltantes. Uma outra guarnição ficou no local do crime, e aguarda a chegada de um carro forte, para que este retire o dinheiro do terminal, que ficou danificado pela explosão.


Compartilhar no
Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário