• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Assaltantes sofrem tentativa de linchamento após roubo

Durante a fuga, eles bateram a motocicleta na traseira de um ônibus e foram pegos pelos populares no Parque Rodoviário. Um é menor de idade.

28/11/2019 08:28h - Atualizado em 28/11/2019 10:07h

Dois suspeitos de assaltarem um funcionário da SDU Sudeste na tarde de ontem (27) em Teresina acabaram sendo pegos pela população durante a fuga e sofreram uma tentativa de linchamento. O fato aconteceu no Parque Rodoviário e um dos assaltantes teve que ser levados às pressas para o HUT devido à gravidade dos ferimentos.

A ação teve início durante a tarde, quando a dupla fazia uma série de arrastões na região Sudeste da Capital. Segundo a polícia, tratava-se de um adolescente menor de idade, natural de Timon, e um rapaz de maior, aqui mesmo de Teresina. Os dois tomaram de assalto o celular de um funcionário da SDU Sudeste, mas tiveram que empreender fuga rapidamente, porque uma viatura da Guarda Municipal que fazia patrulhamento pela área tomou conhecimento do ocorrido e iniciou uma perseguição.


“Nos deslocamos até a SDU, coletamos as informações e iniciamos as buscas, logrando êxito poucos minutos depois, encontrando-os na BR-343, em direção à rodoviária. Fizemos o acompanhamento tático, mas em certo ponto, a viatura se afastou devido ao trânsito. Foi quando nos deparamos com eles no chão após terem se acidentado, batendo na traseira de um ônibus”, relata a comandante Graziele Sousa, da Guarda Municipal.


Foto: Reprodução/O Dia TV

Os indivíduos, segundo ela, trafegavam em uma motocicleta e os dois estavam armados de revólver calibre 32 com quatro munições intactas e uma deflagrada, que teria sido usada para tentar atirar no funcionário da SDU que resistiu ao assalto. Uma vez que eles estavam no chão, foram os populares que conseguiram imobilizá-los, desarmá-los e, então, começaram a agredi-los com socos e pontapés, revoltados com a situação.

A Guarda Municipal teve certa dificuldade para conseguir conter as pessoas e retirar os suspeitos do local. O de maior foi conduzido direto para a Central de Flagrantes, por estar menos lesionado, mas o de menor teve que ser encaminhado ao HUT às pressas onde precisou fazer cirurgia por conta da gravidade das lesões sofridas.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário