Polícia prende acusados de sequestrar gerente e dois funcionários do Santander

Dupla foi presa a 3 km de Caxias em uma barreira montada pela Polícia Militar do Maranhão.

02/07/2014 08:55h - Atualizado em 02/07/2014 17:13h

Compartilhar no

Atualizado às 9h48min

A polícia do Maranhão conseguiu prender os dois bandidos e liberar os reféns a três quilômetros da cidade de Caxias, em uma barreira montada com o apoio da PRF na BR-316. Na ação, foram apreendidas duas armas, mas ninguém saiu ferido. Segundo o major Medeiros Sobrinho, comandante do 11º BPM de Timon, dois funcionários e a gerente eram mantidos como reféns e os bandidos não ofereceram resistência à prisão.

Foto: Polícia Militar de Timon


Dupla rendeu dois funcionários e a gerente do Santander Banespa, mas foram pegos na entrada de Caxias-MA

"Eles foram pegos de surpresa e acabaram ficando encurralados. Não tinham como voltar e à frente havia a barreira da polícia pronta para investir caso eles tentassem alguma coisa. E graças a Deus, ninguém saiu ferido", diz o major.

A polícia acrescentou ainda que os dois foram presos dirigindo uma picape modelo L-200 porque o Pálio, em que fugiram de Teresina, acabou furando os pneus no meio do caminho na perseguição da polícia.

Atualizado as 09hs

Bandidos armados levaram como reféns dois funcionários e a gerente do banco Santander Banespa da Avenida João XXIII em Teresina, durante uma tentativa de assalto na manhã desta quarta-feira (02). A dupla tinha em mãos uma arma de brinquedo e outra de calibre 38 e conseguiram roubar ainda a arma de dois vigilantes, um revólver calibre 36 e outro calibre 38. 

A dupla fugiu em um veículo Siena de cor prata  levando dois funcionários e a gerente como reféns. Houve perseguição e troca de tiros com a polícia no Centro, mas os criminosos conseguiram roubar outro veículo e acabaram fugindo. As vítimas foram identificadas apenas como Virna (gerente), e Juliane e Felipe (funcionários).


Armas, munições e coletes apreendidos com assaltantes de banco


Bandidos roubaram outro veículo e foram pegos na estrada de Caxias-MA

“Nós já vínhamos em perseguição pelo Centro e acabamos acertando o pneu do carro com um disparo fazendo com que eles [os bandidos] parassem. Eles então passaram para outro carro que estava parado na frente e continuaram a fuga”, explica o soldado Aurélio, do 1º BPM, que atendeu à ocorrência.

Fotos: Yuri Ribeiro/O Dia


Carro do gerente foi alvejado pela polícia na tentativa de parar os assaltantes

O carro levado pelos bandidos na fuga, um Pálio modelo 1.8, pertence a Cleidiane Vieira. Ela conta que os bandidos lhe renderam com a arma e lhe obrigaram a descer do carro enquanto colocavam a gerente para dirigir. “Eles trocaram de carro porque o que eles estavam começou a perder gasolina quando a polícia atirou. Havia mais uma mulher com eles. Eu fiquei com tanto medo, tão nervosa, que não conseguia nem tirar o cinto”, conta Cleidiane


Segundo o soldado Aurélio, todos os grupamentos da Polícia Militar foram acionados na perseguição aos bandidos.

Todas as divisões da Polícia Militar foram acionadas na perseguição aos bandidos que fugiram rumo às cidades de Timon e Caxias, no Maranhão. O helicóptero Águia do Grupamento de Aeropoliciamento da PM (GTAP) também foi acionado para monitorar a movimentação do veículo em que estão os assaltantes e o gerente.

As polícias de Timon e Caxias já foram avisadas, mas os bandidos ainda não foram identificados. De acordo com Cleidiane, os criminosos não devem ir muito longe, porque o carro em que eles fugiram tinha pouco combustível no tanque.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário