Assaltantes de banco são presos e trocam tiros com a polícia

Um dos suspeitos conseguiu fugir da polícia. Ele incendiou a motocicleta usada na fuga para dificultar a despistar a polícia

27/08/2013 10:48h - Atualizado em 27/08/2013 10:57h

Compartilhar no

Três pessoas foram presas na madrugada desta terça-feira (27) no município de Campo Maior (a 90 km de Teresina) suspeitos de assaltar caixas eletrônicos de agências bancárias, inclusive da Caixa Econômica Federal (CEF) da cidade. Polícia e criminosos trocaram tiros, mas um conseguiu escapar do cerco.

Fotos: Portal Campo Maior

As prisões aconteceram na PI-221, que liga os municípios de Altos a Alto Longá. A polícia apreendeu com o trio dinheiro, dinamite e um carro.

Segundo o sargento Zacarias, que participou da operação, os suspeitos foram abordados dirigindo um veículo Peugeot 206, de cor preta, que trafegava em alta velocidade. Após vistoria, os policiais localizaram dentro do carro dinheiro e explosivos escondidos em mochilas.

Foram presos José Antônio da Silva, de 33 anos, Dirceu Pereira da Silva, de 40 anos, e Rayka Dannuzy Gomes Pereira, de 25 anos. De acordo com o tenente Fábio José, que comandou a operação, a quadrilha ainda é formada por um quarto homem que conseguiu escapar do cerco policial em uma motocicleta.

Ainda segundo o tenente, a motocicleta usada na fuga foi abandonada e queimada pelo fugitivo. “Nós ainda tentamos persegui-lo e chegamos a fazer disparos e parece que o acertamos. Ele está escondido na mata perto do local onde prendemos os seus comparsas”, afirmou Fábio José.

O comandante do 15º BPM, Nunes Cordeiro, os três suspeitos serão encaminhados à Polícia Federal para verificar se há ligação dos presos com a explosão dos caixas eletrônicos da CEF de Campo Maior. “O envolvimento de uma mulher pode ligar esses presos ao assalto”, comentou o comandante.

Compartilhar no
Fonte: Portal Campo Maior

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário