Acusado de matar o estudante Rayron Holanda é recapturado após fugir do CEM

O adolescente de 17 anos cumpria medida socioeducativa na unidade e escapou durante a rebelião ocorrida nesta madrugada. Pelo menos 18 já foram recapturados.

14/04/2021 11:51h - Atualizado em 14/04/2021 11:56h

Compartilhar no

Um dos fugitivos do Centro Educacional Masculino (CEM) que foi recapturado ainda nesta manhã (14) é o acusado de ter assassinado o estudante de Medicina Rayron Soares de Holanda em crime ocorrido na Avenida Miguel Rosa em 2018. Rayron Foi vítima de um latrocínio, ou seja, foi morto durante um assalto. Ele rinha 22 anos e saía de um terminal de passageiros quando foi abordado pelo suspeito.


Rayron Soares de Holanda foi vítima de um latrocínio na Avenida Miguel Rosa - Foto: Arquivo Pessoal

O adolescente apreendido pelo crime foi identificado pelas iniciais G.L.D.A.R. Ele cumpria medida socioeducativa no CEM desde então e, durante a rebelião ocorrida na madrugada de hoje na unidade, conseguiu escapar. Hoje, G.L.D.A.R tem 17 anos. Sua recaptura foi feita pela Guarda Municipal de Teresina.

“O CEM fica próximo à sede da GCM. Assim que soubemos da fuga, começamos a empreender diligência. Esse adolescente de 17 anos foi recapturado juntamente com outro de 17 anos próximo a uma lagoa na Nova Brasília, na zona Norte”, informou Ranieri Fontes, comandante de plantão no dia de hoje na Guarda Municipal.

Além de G.D.L.A.R e do outro rapaz de 17 anos apreendido junto com ele, também foram recapturados pela Guarda Municipal um jovem de 18 anos que também havia fugido do CEM durante a rebelião. A Guarda informou que recuperou ainda uma motocicleta que teria sido roubada já na manhã de hoje por três suspeitos de escapar do CEM na região da Santa Maria.


Foto: Assis Fernandes/O Dia

Entenda

O Centro Educacional Masculino (CEM) de Teresina foi palco de uma rebelião que durou mais de sete horas e se iniciou na madrugada desta quarta-feira (14). Os motivos do motim ainda não foram esclarecidos pela direção da unidade, mas se sabe que os internos rebelados destruíram boa parte da estrutura física das Alas A a F e pelo menos 40 deles conseguiram fugir pelo teto do local. 

A Polícia Militar, juntamente com a Guarda Municipal e os agentes socioeducativos estão em buscas por toda a Teresina à procura dos foragidos. Pelo menos 18 deles já foram recapturados.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário