Acusado de manter jovem em cárcere privado em Teresina é morto a tiros

Vítima foi identificada como sendo Andriole Rodrigues da Costa. Ele foi morto no bairro Mafrense e respondia por crimes como estupro e violência doméstica.

22/09/2021 09:06h

Compartilhar no

Um homem de 31 anos, identificado como Andriole Rodrigues da Costa, foi assassinado com pelo menos dois disparos de arma de fogo em crime ocorrido por volta das 21 horas desta terça-feira (21) no bairro Mafrense, zona Norte de Teresina. Andriole possuía uma extensa ficha criminal e entre os crimes pelos quais ele respondia há cárcere privado, estupro, lesão corporal e violência doméstica.


Leia também: Jovem é assassinado e primo é baleado no bairro Cidade Jardim, em Teresina 


De acordo com o relatório do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Andriole havia sido preso em 2019 acusado de manter em cárcere privado numa casa no bairro Mafrense uma adolescente de 15 anos. A prisão em flagrante foi efetuada à época pela Delegacia de Repressão e Prevenção a Entorpecentes (DEPRE), durante cumprimento a um mandado de busca e apreensão na residência de Andriole. Ele era acusado de tráfico de drogas.


Foto: O Dia

Segundo o DHPP, o homem havia deixado o sistema prisional recentemente e seu assassinato pode ter relações com acerto de contas do mundo do crime. Ele já havia sofrido uma tentativa de homicídios há três meses. Andriole foi morto nas proximidades de uma lagoa que fica perto da casa de seu irmão. A dupla suspeita de efetuar os disparos fugiu em seguida. A PM fez buscas pela região, mas nenhuma prisão relacionada ao caso foi efetuada até o momento.

O caso seguirá sob investigação pelo Departamento de Homicídios.

Homem é morto a facadas perto da Rodoviária de Teresina

Além da morte de Andriole Rodrigues da Costa, um outro homicídio foi registrado em Teresina. Desta vez, o caso ocorreu durante a madrugada de hoje (22) nas proximidades do terminal rodoviário da Capital, que fica localizado no bairro Parque Rodoviário, zona Sul da capital.

De acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima era um homem, que foi atingido a golpes de faca. A polícia ainda não tem sua identificação. O caso seguirá sob investigação pela Polícia Civil.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário