• Campanha Mobieduca
  • Teresina shopping
  • HEMOPI - Junho vermelho
  • ITNET
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att

Abandonado, antigo prédio do TRT é depredado por vândalos

Imóvel estaria sob responsabilidade do Governo do Estado, que não providenciou vigilância para o local, o que facilita a ação dos vândalos.

12/06/2019 18:42h - Atualizado em 12/06/2019 20:22h

Dois homens foram presos em flagrante no início da noite desta quarta-feira (12) furtando partes da estrutura do prédio onde funcionava, até o final de 2018, a segunda instância da Justiça do Trabalho no Piauí.

Dois homens foram flagrados por policiais militares roubando materiais retirados de dentro do imóvel (Foto: Francisco Filho / O DIA)

A partir de outubro do ano passado, os magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região começaram a desocupar o imóvel localizado no cruzamento da Avenida Miguel Rosa com a Rua Tersandro Paz, e mudaram-se para o novo prédio do órgão do Judiciário, situado na Avenida João XXIII. 

Antigo prédio do TRT da 22ª Região está sendo invadido reiteradamente por vândalos (Fotos: Elias Fontinele / O DIA)

O antigo prédio, então, foi cedido para o Governo do Estado, ficando sob responsabilidade da Empresa de Gestão de Recursos do Estado (Emgerpi).

Segundo funcionários que atuam em empresas vizinhas ao prédio, nos últimos meses o local passou a ser invadido reiteradamente por vândalos. 

Por toda a calçada é possível ver pedaços de forro de gesso que foram quebrados pelos criminosos, para que pudessem furtar fiações e estruturas metálicas do imóvel.

Lâmpadas, janelas, espelhos, utensílios dos banheiros e até o motor de um elevador do prédio estão entre os itens que foram subtraídos. 

"O prédio está abandonado há algum tempo, e eles [invasores] estão deteriorando e levando tudo o que tem de valor. De vez em quando temos que vir aqui, entrar no imóvel, realizar o policiamento para coibir esse tipo de ação criminosa", detalha a capitã Regina Farias, comandante da equipe que realizou a prisão em flagrante de dois homens que invadiram o local. 

A militar afirma que, além dos dois detidos em flagrante nesta quarta-feira, outros vândalos já teriam invadido o prédio.

Outro lado

O portal O DIA entrou em contato com a Coordenadoria de Comunicação do Governo (CCom) em busca de uma posição do Governo do Estado a respeito do problema. Até o fechamento da matéria a resposta não foi encaminhada à reportagem. 

Por: Cícero Portela

Deixe seu comentário