12 pessoas acusadas de homicídio, roubo e tráfico são presas em Teresina

Operação Quaresma: polícia cumpre 13 mandados de prisão, dentre eles, contra pessoas já condenadas pela Justiça.

12/04/2019 07:33h - Atualizado em 12/04/2019 08:13h

Compartilhar no

Esta sexta-feira (12) amanheceu com movimentação intensa da polícia em bairros das mais diversas zonas de Teresina, devido à deflagração da Operação Quaresma. A ação busca cumprir 13 mandados contra acusados de crimes violentos como homicídio, roubo, tráfico de drogas e violência doméstica e já resulta na prisão de 12 pessoas. Dentre os presos, há uma mulher, identificada somente como Valquíria, dona de um ponto de venda de droga na Água Mineral; e um rapaz acusado de efetuar disparos em via pública e atingir um veículo.

Os mandados estão sendo cumpridos em bairros das zonas Norte, Sudeste, Sul e da zona Leste de Teresina e a ação conta com o apoio de pelo menos dez equipes de delegacias metropolitanas e do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). O delegado Willame Morais, coordenador da Dica (Divisão de Capturas da Polícia Civil) e coordenador da operação, deu mais detalhes:

“Não foram encontradas ligações entre os crimes cometidos pelos alvos da operação, até porque aqui na Dicap nós não trabalhamos com uma tipificação criminal específica, mas com cumprimentos de mandados expedidos pela Justiça. Nossa missão é investigar os locais onde as pessoas foragidas e procuradas possam estar escondidas e efetuar sua prisão. Hoje conseguimos reunir o material necessário para fazer essa sequência de prisões na Operação Quaresma. São crimes de um grande potencial ofensivo e nossos alvos são pessoas que, inclusive já tinham condenação, como é o caso da Valquíria”, explica.


Delegado Willame Morais, coordenador da Divisão de Capturas da Polícia Civil - Foto: Arquivo O Dia

Valquíria foi presa no bairro Água Mineral, Norte de Teresina, dentro de sua residência, onde funcionava uma boca de fumo. A polícia fez uma varredura no local e encontrou ainda um familiar da acusada que também tinha mandado de prisão em aberto. “A Valquíria estava condenada a 10 anos de prisão pelo crime de tráfico de drogas e vai ser encaminhada diretamente ao sistema prisional”, ressaltou o delegado Willame.

Outro mandado cumprido foi na Rua  Doutora Alaíde Marques, bairro Ininga, na zona Leste da Capital. Um rapaz foi preso foi ter efetuado disparos em via pública e acabar atingindo um veículo. Ele responderá por crime de dano ao patrimônio. Todos os presos estão sendo encaminhados para a sede do Greco para os procedimentos legais e depois devem ser encaminhados para o presídio.

Os policiais continuam na rua para localizar e prender o último alvo da operação.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário