• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Vigilância Sanitária atesta situação de insalubridade em escola

Denúncia foi feita por representante da Comissão de Educação da Alepi. Escola fica no Promorar e estudantes precisam usar banheiro químico por causa da falta de estrutura.

27/11/2019 07:49h - Atualizado em 27/11/2019 10:44h

Os estudantes do CETI Solange Sinimbu Viana Area Leão, localizado no bairro Promorar, zona Sul de Teresina, estão tendo que utilizar banheiros químicos por causa da situação de insalubridade em que o prédio da escola se encontra. Atendendo a 400 alunos do ensino fundamental e médio, a unidade teve sua estrutura interditada pela vigilância sanitária devido à falta de estrutura de suas instalações.

A denúncia foi feita pela Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Piauí após visita à unidade escolar. A deputada Lucy Soares (Progressistas), presidente da comissão, foi quem elencou alguns dos problemas encontrados: “o local apresenta estrutura precária em diversos setores como, por exemplo, cozinha, biblioteca, instalações elétricas e não existe refeitório na escola. Mas a situação mais crítica é com relação aos banheiros que foram interditados pela vigilância sanitária”.


Leia também: Após hospitais, comissão parlamentar da Alepi vistoria campus da Uespi 


Sobre o refeitório, as refeições dos alunos são servidas pelos funcionários nos corredores da unidade escolar. Durante a visita, ficou constatado também que várias salas não possuem ventilador e também que há uma mesa quebrada no local onde funciona a biblioteca do CETI Solange Sinimbu. Outro ponto que chama a atenção é que a fiação das lâmpadas de iluminação das salas de aula fica exposta.


O Portal O Dia entrou em contato com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para que o órgão se manifestasse sobre a situação do CETI Solange Sinimbu. Por meio de sua assessoria, a Secretaria informou que a licitação para a reforma da unidade escolar já está em curso, aguardando a dispensa da licença ambiental, e que deve ser entregue até 2020. Também estão sendo tomadas providência no sentido de climatizar as salas de aula e de readequação dos banheiros.

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que a licitação para reforma do Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Solange Sinimbu Viana Area Leão já está em curso, aguardando a dispensa da licença ambiental e que a mesma deve ser entregue até 2020. A Seduc informa ainda que já está adaptando a escola para receber a climatização nas salas de aula e que a construção da nova fossa será feita até janeiro de 2020.

Secretaria de Estado da Educação do Piauí.

Professores do Estado paralisam atividades pedindo reajustes salariais

Ainda no tocante à Educação Estadual, os professores da rede pública de ensino cruzarão os braços durante toda esta quarta-feira (27) em protesto por uma série de reivindicações junto ao Governo. Por volta das 8h30min, a categoria irá se reunir em frente ao Palácio de Karnak para reivindicar, dentre outros pontos, o reajuste dos aposentados, o reajuste no vencimento dos profissionais ativos e as mudanças de classe de nível.

A categoria protesta também pelo reenquadramento de professores, agilidade na concessão das aposentadorias para os profissionais que a pleiteiam, readequação na infraestrutura das escolas estaduais e a destinação de 60% do Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério) para os profissionais da educação.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário