• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Veja as Fakes News mais compartilhadas sobre o coronavírus no Piauí

O PortalODia.com verificou os boatos mais compartilhados sobre a doença no Piauí. Saiba quais são as Fake News que estão circulando ou que já viralizaram na web

17/03/2020 14:38h - Atualizado em 18/03/2020 00:11h

A pandemia do novo coronavírus tem causado apreensão mundial. Após confirmações de mortes em vários países, as Fake News (notícias falsas) sobre a Covid-19 estão circulando com força total nas redes sociais.

O PortalODia.com verificou os boatos mais compartilhados sobre a doença no Piauí. Veja abaixo alguns casos de Fake News que estão viralizando com conteúdo falso sobre a pandemia na esfera virtual.

Essa matéria será atualizada à medida que surgirem novos boatos na internet.

É falso que vitamina C ou água com limão previne a infecção

Segundo o Ministério da Saúde, não existe vitamina, terapia alternativa, equipamento ou remédio licenciado capaz de evitar o contágio ou tratar a doença.

É falso que manter a garganta molhada e beber água quente ajuda a evitar o vírus

Não há nenhuma evidência científica de que o processo funcione.

É falso que o animal de estimação possa transmitir o Covid-19

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) não há evidências de que animais estimação, como cães ou gatos, possam ser infectados ou espalhar o vírus responsável pelo Covid-19.

É falso que produtos importados da China podem transmitir o coronavírus

Não há risco algum neste caso, segundo o Ministério da Saúde. O vírus só é transmitido entre humanos e não sobrevive mais de 24 horas fora do organismo.

É falso que fazer gargarejo com água, sal e vinagre elimina o vírus

O Ministério da Saúde afirmou que essa recomendação não projete contra o coronavírus. Até o momento, não há alimento especifico ou vacina que possa prevenir a infecção do Covid-19.

Em meio a uma série de informações falsas que vêm sendo disseminadas nas redes sociais, o Ministério da Saúde criou recentemente um número de WhatsApp, o (61) 99289-4649, para receber informações “virais” sobre o coronavírus.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia com informações do Governo do Piauí, Ministério da Saúde, Folha Press e Veja

Deixe seu comentário