Vacinação contra gripe no Piauí está abaixo de 50%; campanha encerra em sete dias

A estimativa do Ministério da Saúde é de que, no Piauí, 1.167.337 pessoas devem tomar a vacina

02/07/2021 11:36h - Atualizado em 02/07/2021 11:47h

Compartilhar no

Encerra no dia 09 de julho a 23ª Campanha Nacional de Imunização contra a Influenza - Gripe, porém, até esta quinta-feira (01), apenas 48,2% da população piauiense havia sido imunizada. A estimativa do Ministério da Saúde é de que, no Piauí, 1.167.337 pessoas devem tomar a vacina. A campanha teve início no dia 14 de abril e tem duração de três meses.

Diante do baixo índice de pessoas imunizadas, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) reforça a importância das pessoas que fazem parte dos grupos prioritários (indígenas, crianças, puérperas, gestantes, trabalhadores da saúde, idosos e professores) comparecerem aos pontos de vacinação, já que a cobertura vacinal do Piauí visa atingir 100% desse público. 

(Foto: Assis Fernandes/ODIA)

“Nós já estamos com a campanha evoluída, atualmente ela tem o foco na imunização dos grupos com comorbidades; população privada de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas; forças armadas; pessoas com deficiências e trabalhadores portuários”, explica Kássia Barros, coordenadora de imunização da Sesapi.

Em alguns municípios há problemas pontuais, o que justifica a baixa procura da população pela vacina. Segundo a Sesapi, a vacina contra a gripe é tão importante quanto a vacinação contra a Covid-19, por se tratar de uma síndrome respiratória e que alguns sintomas podem ser confundidos com o da Covid-19.

Apesar do índice está abaixo da meta, a Sesapi não confirmou se a campanha será prorrogada. O órgão enfatizou que esta determinação é dada pelo Ministério da Saúde. Também não há previsão de abrir a vacinação contra a gripe para a população em geral. 

Vacina contra Influenza

A vacinação contra a Influenza é em dose única e aumenta a imunidade contra as Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAGs), incluindo a Covid-19. As recomendações apontam que após a aplicação da vacina contra a Covid-19 seja respeitado o prazo de 14 dias para que a pessoa possa receber algum outro imunizante.

Há menos de uma semana para finalizar a terceira etapa da campanha, as pessoas que ainda não foram vacinadas devem procurar o posto de saúde mais próximo de sua residência para receberem o imunizante.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário