• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

THE: Volume de chuvas está 75% abaixo do esperado para janeiro

Quantidade de chuvas é considerada baixa por especialistas. Previsão é de mais precipitações para todo o estado durante a semana.

06/01/2020 12:01h

A chuva em Teresina tem frustrado as expectativas nos primeiros dias de janeiro. Isso porque a Capital ficou 75% abaixo do volume esperado para o período, que era de 101 milímetros. Segundo o climatologista Werton Costa, apesar do baixo volume, a cidade conseguiu registrar volumes tímidos em alguns pontos da cidade, o que caracteriza um comportamento irregular para a estação chuvosa.


Leia também:

“A chuva tem se comportado de forma bastante irregular. Muitas cidades do Piauí têm recebido a chuva em pequena intensidade, como nós costumamos observar no final de novembro no extremo sul ou em dezembro”, avalia o climatologista.

Chuva em Teresina. (Foto: Arquivo O Dia)

Apesar disso, o especialista afirma que o estado tem um quadro de estação chuvosa configurado. O corredor de umidade, que é o transporte de umidade oceânica e amazônica, está restabelecido para o Piauí. A Zona de Convergência Intertropical, principal motor de chuva no estado, tem seu máximo de atuação a partir de fevereiro. No momento, o fenômeno já está atuando na região entre os estados do Pará e Maranhão.

“Ela tem instabilizado e proporcionado a produção de nuvens de temporal nessa faixa, principalmente do Maranhão. Temos um canal de umidade amazônico bastante vigoroso que tem influenciado o Sul do Maranhão e, secundariamente, o Sul do Piauí. Temos ainda a atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul, ao Sul da Bahia, que ajudou a trazer umidade para o sertão, instabilizando a microrregião de Valença e Picos, com alguns temporais”, destaca.

Para o climatologista, a estação chuvosa está se desenvolvendo de forma irregular. Enquanto as precipitações se mostram tímidas em alguns municípios, em outros foram registradas situações de chuva extrema, ultrapassando o volume de 60 milímetros no intervalo de uma hora, como em Canto do Buriti, Luzilândia e Vale do Longá

“Nós temos algumas cidades a cada dia captando volumes bem expressivos, concentrados. É uma estação que ainda se comporta como uma pré-estação, embora nós tenhamos a formação de grandes nuvens. Pelo satélite nós vemos a formação de nuvens enormes que cobrem várias cidades, até dezenas de cidades”, afirma.

Climatologista Werton Costa. (Foto: Arquivo O Dia)

Desde o início de janeiro, três avisos meteorológicos já foram cadastrados pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTE). O último foi cadastrado nesta segunda-feira. Segundo o alerta, há risco moderado para ocorrência de fenômeno meteorológico adverso dentro das próximas 72 horas em mais de 120 municípios do Piauí. 

Segundo o CPTEC, ocorrerão pancadas de chuva de moderada a forte intensidade e acompanhadas de raios durante o dia de hoje. Localmente a chuva poderá ser intensa e vir acompanhada de rajadas de vento de forte intensidade. Em Teresina, as pancadas podem ocorrer durante a tarde ou a noite.

Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário