Teresinenses realizam o sonho da casa própria em Timon

Além de ser mais barato morar no município maranhense, proximidade do Centro da capital piauiense também chama a atenção.

15/12/2013 08:59h - Atualizado em 15/12/2013 09:12h

Compartilhar no

Duas cidades, situadas em estados diferentes e separadas apenas pelo Rio Parnaíba. Assim são Teresina e Timon. Contudo, apesar dos laços estreitos, a capital do Piauí e o município maranhense trazem distinções, principalmente, econômicas e sociais, motivo pelo qual Timon sempre foi alvo de comentários pejorativos. 

Todavia, o inchaço populacional de Teresina e a supervalorização dos imóveis estão promovendo uma mudança neste cenário. Timon está atraindo cada vez mais novos investimentos e já começa a superar os antigos estigmas. No campo industrial, por exemplo, a cidade maranhense está construindo um Distrito que, inclusive, tende a provocar a mudança de empresários de Teresina para o novo local. 

Foto: Marcela Pachêco/O DIA.

Segundo a Prefeitura de Timon, na próxima terça-feira (17), será lançado o projeto do Distrito Industrial da cidade, com direito a maquete virtual e o guia do investidor. Segundo o órgão, mais de 100 empresários, incluindo os teresinenses, já demonstraram interesse em instalar suas empresas no polo. A expectativa é que as novas indústrias invistam cerca de R$ 250 milhões no Distrito e gere cerca de 3 mil empregos diretos. 

A Prefeitura de Timon informa ainda que as obras do Distrito Industrial serão iniciadas no primeiro semestre de 2014. Sendo que, um dos atrativos para os investidores está na localização do polo, pois o terreno onde as empresas serão instaladas fica na BR-316, perto de uma ferrovia e do aeroporto da cidade. Ao todo, o Distrito Industrial de Timon tem 120 hectares, com área disponível para expansão, e os lotes serão vendidos por R$ 1 o metro quadrado, além de possuir uma infraestrutura de condomínio empresarial. 

Foto: Marcela Pachêco/O DIA.

Timon também ganhará em breve seu primeiro shopping com 270 lojas com pé direito duplo, praça de alimentação, espaço para cinemas, praça de eventos, área reservada para bancos e lojas âncoras, espaço de brinquedos e mais de 700 vagas de estacionamento. 

Mas os investimentos não param por aí. No ramo imobiliário, a cidade maranhense vem recebendo apostas altas. A construtora de Raimundo de Castro Dias, por exemplo, está edificando condomínios de apartamentos em Timon. “São 80 apartamentos de três quartos mais 160 apartamentos de dois quartos. Algumas unidades já foram entregues e outras estão em fase conclusão. Sendo que, assim que encerrarmos essa etapa vamos ampliar ainda mais o empreendimento e construir uma nova torre com 10 pavimentos para 40 apartamentos, além de dois prédios com 32 apartamentos cada”, revela. 

Foto: Marcela Pachêco/O DIA.

Segundo o empresário, o grande destaque em se investir em Timon é que a cidade vizinha caracteriza- se como o bairro mais próximo do Centro de Teresina. “Em cerca de 5 minutos você já está no Centro da capital piauiense, basta atravessar uma das pontes e pronto”, defende. 

Porém, Raimundo de Castro reconhece que o município tem desafios a superar. “Muitos empreendimentos fracassaram em Timon porque os timonenses não acreditavam nos negócios, por isso não compravam as unidades e o empreendimento não ia para frente. Só neste período em que nós estamos investindo na cidade, há cerca de três anos, já houve quatro lançamentos imobiliários lá que não saíram do papel”, comenta. 

O empresário acredita que, nos próximos meses, os imóveis na cidade maranhense valorizem ainda mais. “Com o prolongamento da Avenida Piauí, que só falta executar a parte de terraplanagem e acabamento da via, ficará ainda mais fácil e rápido se deslocar para o Centro de Teresina. Sem falar que os terrenos que ficarem no arredor da via ficar mais valorizados”, pondera.

Leia a reportagem completa na edição de hoje (15) do Jornal O DIA.

Compartilhar no
Por: Virgiane Passos - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário