Teresina está entre as capitais que mais realizaram casamentos homoafetivos

Até julho deste ano já foram realizados 13 casamentos homoafetivos

21/07/2013 10:16h

Compartilhar no

Dois meses após entrar em vigor a resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que determina que todos os cartórios brasileiros devem celebrar o casamento civil e converter a união estável homoafetiva em casamento, a procura de casais pela oficialização do relacionamento tem crescido substancialmente em todo o país.

De acordo com levantamento feito pelo Grupo Matizes nos três cartórios de registro civil de Teresina, até julho deste ano já foram realizados 13 casamentos homoafetivos, colocando a cidade em 8º lugar no ranking de capitais brasileiras que mais realizaram esse tipo de cerimônia no Brasil.

Os dados de Teresina foram comparados a um levantamento realizado em 22 capitais brasileiras pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), que aponta São Paulo como a capital que mais realizou casamentos entre casais do mesmo sexo nos últimos dois meses: são 43 uniões oficializadas.

Segundo Glória Maria Fonseca de Santana, titular do Cartório 2º Ofício de Registro de Pessoas Naturais, a procura por casamento ainda é tímida, mas tem crescido. Ela alega que muitos casais homoafetivos ainda não têm o conhecimento dos direitos assegurados pelo casamento civil.

“Já realizamos dois casamentos entre pessoas do mesmo sexo, e, nesta semana, mais um casal já deu entrada no pedido do casamento. Estamos muito entusiasmados com a procura, isso mostra que as pessoas estão atrás dos seus direitos”, afirma Glória Maria.

De acordo com a coordenadora do Grupo Matizes, Marinalva Santana, esse é um número muito positivo e reafirma que Teresina é uma das cidades que mais tem avançado na busca pelos direitos da população LGBT. “Teresina sempre esteve na vanguarda nesse quesito e atribuímos isso à sensibilidade dos nossos cidadãos em respeitar a liberdade e o amor entre iguais”, pontua.

“É um número que nos deixa bastante entusiasmados, principalmente porque, se levarmos em consideração o número de habitantes de cada capital, Teresina fica, proporcionalmente, entre as primeiras do país”, destaca Marinalva, afirmando que, diariamente, casais homoafetivos buscam o Matizes atrás de informações sobre o casamento.

Número de casamentos entre pessoas do mesmo sexo por capitais

1º - São Paulo - 43

2º - Goiânia - 22

3º - Curitiba / Fortaleza / Rio de Janeiro - 18

4º - Belo Horizonte / Salvador - 17

5º - Campo Grande - 16

6º - Porto Alegre - 15

7º - Brasília - 14

8º - Teresina* -  13

9º - Belém - 10

10º - Florianópolis - 7

11º - Manaus / Vitória - 4

12º - Boa Vista - 3

13º - Cuiabá / Recife -  2

14º - Porto Velho - 1

* Todos os dados são Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (ARPEN), exceto os de Teresina, onde foi realizado um levantamento nos três cartórios que realizam casamento civil pelo Grupo Matizes.

Compartilhar no
Por: Thiago Bastos

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário