Telhados brancos em Teresina podem diminuir temperatura em até 30%

Ação visa a redução das ilhas de calor, economia de energia e o combate das mudanças climáticas.

25/10/2013 11:48h

Compartilhar no

Foi realizada, durante a conclusão da "I Oficina de Construções Sustentáveis", a pintura de branco do telhado da primeira casa ecológica do Piauí. A iniciativa é um projeto piloto que visa difundir a técnica visando a redução das ilhas de calor, economia de energia e o combate das mudanças climáticas. O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de Teresina, através da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam). 

O secretário executivo da Semam, Dionísio Neto, explica que os telhados pintados de branco diminuem a temperatura no interior de residências e  edifícios - a variação pode ser de até 30%. Com essa diminuição há, também, uma redução do uso de energia, de ar condicionado e da emissão de gases poluentes. A ação permite a compensação de 10 e 5 toneladas de CO2 a cada 100 m².

"O prefeito Firmino Filho tem cobrado ações que possam interferir positivamente na vida das pessoas e ajudando o meio ambiente. E essa ação é apenas  um projeto piloto que ajudará a diminuir os gastos com ar-condicionado, ventilador, geladeira e, consequentemente, a emissão de gases do efeito estufa, pretendemos levar a ideia para as escolas e outros prédios públicos, o que, em última análise, também ajudaria a controlar os efeitos nocivos do aquecimento global", explicou Dionísio.

A Semam utilizou uma tinta específica para telhado, e uma máquina de pintura americana especifica para pintura de telhados. A iniciativa contou com a doação da empresa Telhas Mafrense para atividade.

A atividade desenvolvida na primeira casa ecológica do Piauí foi baseada no estudo do Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, na Califórnia, que revela que enquanto as coberturas escuras absorvem 80% do calor externo, as claras refletem até 90% da luz solar.

O tema “telhados brancos” também foi assunto na Rio+20. Durante o evento, especialistas afirmaram que a solução – simples e caseira – caso torne-se um hábito comum, em 20 anos pode evitar a emissão de 24 trilhões de toneladas de dióxido de carbono na atmosfera.

Dionísio informou ainda que a próxima intervenção da Semam será a pintura de branco do telhado de uma escola da rede municipal. Além disso, será feita uma parceria com o curso de Tecnologia de Gestão Ambiental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí - IFPI, a fim de medir a temperatura e visualizar os efeitos positivos para o meio ambiente com a pintura de telhados brancos na capital.

Compartilhar no
Fonte: Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Teresina

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário