Sessão de fotos é o primeiro passo para conseguir clientes

O mercado envolvendo o “mundo das acompanhantes” também é lucrativo para os fotógrafos

18/04/2011 07:58h

Compartilhar no

Para chegar até os clientes essas agências possuem critérios. As garotas têm que passar por uma seleção: primeiro por fotos. A idéia é colocar a imagem das garotas em sites de acompanhantes, como um cardápio a ser escolhido e consumido pelos clientes. A jovem universitária, personagem do O DIA que conversou com as agenciadoras, teria que pagar o fotógrafo e o motel, onde geralmente são feitas as fotos.

"Olha, tem que tirar as fotos para colocar no site...Você novinha assim quando tuas fotos tiverem no site vai bombar de clientes....Mas tu paga o motel para tirar as fotos e o fotógrafo. Eu já tenho uns contatos e te arrumo", disse Andresca. "Mas as fotos têm que ser nua?", pergunta a jovem universitária. "Não não...pode ser de biquíni. E olha não mostra o rosto. Só o corpo mesmo!", orienta Andresca.

O mercado envolvendo o "mundo das acompanhantes" também é lucrativo para os fotógrafos. Natécio, 39 anos, nome fictício de um desses profissionais, já fotografou cerca de 10 garotas para um dos sites de acompanhantes de Teresina. Ele cobra R$ 100. Todos os seus trabalhos foram feitos em motel. Segundo relatou para O DIA, o contato é feito por telefone onde são marcados o horário, o local e o valor a se pago.

Ele garante que tudo acontece de forma profissional: "Elas me ligam vou lá faço as fotos. Tudo é por conta delas...até mesmo o meu deslocamento. E mando apenas o cd com as fotos que elas mesmo selecionam as preferidas para divulgar nos sites".

Critérios de seleção: experiência e qualidade

Três agências de acompanhantes foram procuradas pela reportagem do O DIA e o funcionamento é similar entre elas. A garota passa por uma seleção, fazem fotos e conseguem clientes através das fotos na internet. As garotas chegam a fazer até cinco programas por dia.

Uma das agências ouvidas pelo O DIA foi bem clara quanto aos critérios de seleção das garotas: qualidade e experiência. "Tem que ser bonita, gostosa, sabe...e ser boa de cama. Tendo isso a gente consegue os clientes", afirmou uma mulher identificada como Susi. No entanto, os atendimentos dessa agência são feitos apenas na zona leste de Teresina, 24 horas. O valor do programa chega a R$ 130.

A segunda agência define o horário de trabalho: "A gente precisa de meninas para trabalhar de 13 horas às 22 horas diariamente. Tem que ter a idade mínima de 20 anos", disse a pessoa que se identificou apenas como Ana. Segundo ela, os clientes encontram as acompanhantes em uma casa localizada na zona norte de Teresina. Com o pagamento de almoço e estadia, as garotas podem faturar no máximo R$ 50 por programa. "O restante fica com a agência", explicou Ana, acrescentando que o programa chega a R$ 100.

Compartilhar no
Edição: Carlos Rocha
Por: Mayara Bastos - Jornal O DIA

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário