• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Serviços de funeral podem custar de R$1 mil a R$ 15 mil

O valor a ser pago depende das exigências de quem solicita o serviço, que pode ter cerimonial, urna, decoração e trabalho religioso.

11/11/2019 07:24h

Dados divulgados pela Associação Brasileira de Empresas Funerárias e Administraras de Planos Funerários (ABREDIF), mostram que o custo de um enterro, no Piauí, custa em torno de R$ 2.500. Para uma piauiense arcar com esse custo, ele precisa trabalhar 55 dias, levando em consideração que o rendimento médio do Piauí é de R$ 1.375, com base nos dados divulgados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

Mas, quanto será que custa para preparar e enterrar um ente querido? Segundo uma funerária de Teresina, os preços dos serviços podem variar de R$ 1 mil a R$ 15 mil, dependendo do plano e pacotes fechados no contrato, como decoração, cerimonial, urna, entre outros.


Leia também: Piauiense precisa trabalhar 55 dias para arcar com custos de enterro 


João Tadeu Formhigieri, diretor comercial da empresa, explica que é possível encontrar planos e serviços para todos os tipos de orçamento. “Temos planos desde um salário mínimo, R$1 mil, até R$ 15 mil. Não vendemos apenas o caixão, vendemos o serviço, que vai desde uma urna mais simples a uma mais sofisticada. Além da urna, também fazemos o preparado do corpo (tanatopraxia), serviço de decoração, cerimonial na sala de velório, padre. Ou seja, vendemos esse serviço, mas se a pessoa quiser comprar algo mais básico, temos a partir de R$1.200”, comenta.


João Tadeu explica que o forte nas funerárias são os planos familiares, que incluem até oito pessoas - Foto: Assis Fernandes/O Dia

O diretor comercial pontua que, por muito tempo, falar de morte era algo que poucos cogitavam, principalmente os jovens. Contudo, isso tem mudado ao longo dos anos. “A maioria das pessoas estão amadurecendo essa ideia, entendendo que morrer é algo normal. Muitos jovens já estão contratando os planos. A mentalidade vem mudando muito. Está tendo uma quebra desse paradigma, de que só idosos faziam planos funerários.”, disse.

João Tadeu Formhigieri explica que o forte da funerária são plano familiares. Nesses casos, até oito pessoas podem ser incluídas e contratarem um pacote de acordo com a necessidade. Os valores iniciam a partir de R$120.

“O plano dá uma tranquilidade para a família de, caso aconteça algo, a funerária estará lá para dar toda a assistência. Esse momento é muito delicado, mesmo que a pessoa seja preparada, ela acaba ficando abalada, então quem irá resolver tudo é a funerária”, disse.

Por: Isabela Lopes, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário