• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Serviços ambulatoriais e UBS's não funcionarão durante o feriado

Estes serviços só voltam na segunda (19). Atendimentos de urgência e emergência seguem normais no aniversário da Capital.

15/08/2019 09:01h - Atualizado em 15/08/2019 10:18h

A Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) divulgou os horários e quadro de funcionamento dos hospitais para este feriado do dia 16 de agosto, quando se comemora o aniversário de 167 anos da Capital piauiense. Os serviços de urgência e emergência das unidades públicas de atendimento funcionarão normalmente, por se tratarem de um serviço essencial.

No entanto, os serviços não essenciais, como atendimentos laboratoriais e aplicação de vacinas, funcionarão em regime de plantão das 7 às 19 horas. As Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e a parte ambulatorial dos hospitais (marcação de consultas e exames) só voltam a funcionar na segunda-feira (19).  O Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo, por fazer parte da rede de atendimentos ambulatoriais, só funciona até hoje (15) e também só volta a atender na segunda-feira.


HUT e serviços de urgência e emergência funcionam normalmente no feriado de Teresina - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Já as maternidades da rede municipal funcionarão normalmente para casos de internações. Unidades como o Hospital de Urgências de Teresina (HUT) e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) também estarão funcionando normalmente durante todo o dia, assim como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU. Etse último contará, durante todo o feriado, com médicos reguladores, operadores e telefonistas auxiliares de regulação médica. 

A equipe do Centro de Zoonoses estará de plantão para o recolhimento de cães, gatos e atendimento clínicos, bem como para a administração de vacinas como a da raiva. A FMS esclarece ainda que sua área administrativa funciona até hoje (15), e volta com expediente normal somente na segunda-feira (19).

Fonte: Fundação Municipal de Saúde
Edição: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário