Sensação térmica chega a 43,3 ºC em Parnaíba, aponta Inmet

temperatura máxima registrada nos termômetros da cidade também foi atingida hoje, chegando a 40,1 ºC

23/08/2021 10:59h - Atualizado em 23/08/2021 12:48h

Compartilhar no

A sensação térmica na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí, atingiu 43,3 ºC na manhã desta segunda-feira (23), segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A temperatura máxima registrada nos termômetros da cidade também foi atingida hoje, chegando a 40,1 ºC.

Foto: Reprodução/INMET 

O cálculo da sensação térmica, conforme os meteorologistas, é medido através da velocidade do vento e umidade relativa do ar. Quanto maior a umidade e a temperatura, maior a sensação de calor.

No final de semana, o município chegou 43,6 ºC de sensação e atingiu a temperatura de 39,2 ºC, uma das maiores registradas no país.

Segundo o Inmet, o aviso de baixa umidade seguirá até às 20h desta segunda-feira. Conforme o instituto, a umidade relativa do ar vai variar entre 30% e 20%. Além disso, há baixo risco de incêndios florestais e à saúde.

O climatologista Werton Costa explica que as condições de tempo seco favorecem para as altas temperaras apesar do período tipicamente conhecido como B-R-O-bró não ter começado.

“Embora oficialmente a gente não esteja no chamado B-R-O-Bró – de altas temperaturas nos meses tipicamente terminados em bro – nós estamos dentro de uma condição de tempo mais seco, quente astronômica que começa no mês de agosto, que tem como características a baixa umidade, elevada insolação e o incremento de temperaturas se a gente comparar com os meses de transição, no caso junho e julho”, informa.

“Todas as projeções que tem sido apontadas, tão apontando um incremento de temperatura, mas isso não que dizer que estamos numa curva crescente de temperatura em relação aos anos anteriores. Essa média de temperatura elevada decorre na média do mês. Então é perfeitamente normal ter meio ou um grau de diferença em relação a média”, ressalta. 

Ainda segundo o especialista, a novidade é que a condição de extremo calor pode provocar pancadas de chuvas isoladas. "Até porque esse calor que atinge o Piauí também ocorre no Atlântico, que está com uma performance excelente de aquecimento. Essa condição de mar quente faz com que o corredor de umidade se aproxime bastante do Estado. Então existe essa possibilidade de chuva mesmo que pequena", esclarece. 

Cuidados com a saúde

Para o período, o recomendado é que as pessoas bebam bastante líquido, evite desgaste físico nas horas mais secas e a exposição ao sol nas horas mais quentes do dia. Em caso de dúvidas, a população pode obter mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário