SDR realizou oficina sobre comercialização de produtos da ovinocaprinocultura

SDR realizou oficina sobre comercialização de produtos da ovinocaprinocultura

12/06/2017 10:49h

Compartilhar no

A Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio do projeto Viva o Semiárido, promoveu de quarta (07) até este sábado (10) uma oficina sobre a comercialização dos produtos da ovinocaprinocultura para produtores da Chapada do Vale do Itaim.  O evento aconteceu no Instituto Federal do Piauí – Campus de Paulistana e visa, juntamente com as lideranças desta cadeia produtiva, estabelecer critérios, definir a melhor opção para a constituição de uma nova organização associativa nesta região e tomar medidas de encaminhamentos para um programa consistente de consolidação organizativa e realização de geração de renda e ação solidária.

A realização desta oficina surgiu a partir dos interesses, necessidades e objetivos das associações de criadores de ovinos e caprinos do território da Chapada do Vale do Itaim e também da autoavaliação dos associados sobre o contexto socioeconômico vivido na região.

De acordo com o secretário da SDR, Francisco Limma, a região de Paulistana aglomera vários planos de negócios sendo executados por meio do Viva o Semiárido; sendo a maior parte deles, voltada para o apoio à ovinocaprinocultura. “Lá, também tem um plano de negócio estratégico, que é uma parceria com a Ascobetânia. O território Chapada Vale do Itaim, que reúne 16 municípios, comercializa mais de 100 mil animais, por ano. Nesta oportunidade, também estão sendo discutidas parcerias com associações, mas também com o poder público através das prefeituras, secretarias municipais de agricultura e com o IFPI de Paulistana”, reforçou Francisco Limma.

Ainda na fala do secretário da SDR, ele antecipou que ideia é expandir esta ação para outros territórios, como a Serra da Capivara, onde a ovinocaprinocultura tem um forte potencial e vários planos de negócios voltados para o incentivo deste setor produtivo.

Francisco das Chagas Ribeiro (Chicão), diretor do projeto Viva o Semiárido, informou que o estado está contando com assessoria do Daniel Rech, um renomado advogado e consultor de movimentos populares, autor de vários livros nesta área do cooperativismo e do associativismo; e referência nacional neste tema. “Estamos trabalhando para encontrar a melhor forma de organizar o processo de comercialização naquela região, que é um dos grandes fornecedores de ovinos e caprinos para os mercados da Bahia, Pernambuco e do Piauí”, enfatizou Chicão.

Durante a oficina foram apresentadas diversas alternativas organizativas, características, limites e possibilidades, para constituir uma base sólida de conhecimento. Também foi feito um levantamento de informações das associações sobre a fase do projeto que se encontram, metas, estratégias e desafios. Acontece ainda a criação de um grupo representativo do quadro de associados para participar do processo de construção das associações, elaboração de uma proposta de organização associativa e providências correspondentes.

Os eixos centrais trabalhados foram “Natureza Jurídica de Organizações Associativas” e ainda “Viabilidade Socioeconômica de Novo Ente Jurídico”. Ao final, foi construído um plano de trabalho, tendo como base as decisões tomadas, no qual vai consta as prioridades, metas, prazos e distribuição de responsabilidades.

Compartilhar no
Fonte: Ascom

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário

Tags: sdr, piaui,