Resumo d'O Dia: confira o que foi destaque nesta sexta-feira (09/06)

O Portal O Dia mantém você atualizado sobre os últimos acontecimentos do Piauí, do Brasil e do mundo.

09/06/2017 18:47h

Compartilhar no

Em parecer, promotor defende obstetra suspeito de abuso e duvida de vítimas

O promotor Francisco Raulino Neto concluiu o seu parecer e pediu o arquivamento do inquérito presidido pela delegada Carla Brizzi, que indiciou o obstetra Felizardo Batista, denunciado por abuso sexual a pacientes. De acordo com informações apuradas pelo Portal O DIA, em seu parecer, o promotor questiona as testemunhas e as vítimas, considerando ainda que o médico denunciado é um profissional renomado. 

Leia mais 


PI registra aumento de 40,8% dos casos de chikungunya na 1ª semana de Junho

De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde nesta sexta-feira (09), o Piauí registrou aumento de 40,8% dos casos de chikungunya na primeira semana de junho. Segundo a Sesapi, na 21º semana epidemiológica (25 a 31 de maio) foram registrados 675 novos casos prováveis de chikungunya, enquanto na 22º semana (01 a 07 de junho) foram registradas 951 ocorrências, 276 a mais. 

Leia mais 


Salipi encerra domingo (11) com expectativa de público de 40 mil pessoas

Que o Salão do Livro do Piauí (Salipi) se supera a cada ano, tanto em atrações como em parcerias, isso não é novidade. Mas o que tem surpreendido a organização do evento é a participação do público, sobretudo dos jovens, nesta edição. No encerramento do Salipi 2017, a expectativa é de receber, aproximadamente, 40 mil pessoas, somente no show da banda Biquíni Cavadão.

Leia mais 


Comerciantes são presos por venda ilegal de armas e munições em Valença

Em operação deflagrada na manhã de hoje (09) na cidade de Valença, a cerca de 210 km de Teresina, as Polícias Militar e Civil cumpriram mandatos de prisão e busca e apreensão por tráfico de drogas e comércio ilegal de armas e munições. Até o momento, três pessoas foram presas.

Leia mais 


IML erra atestado e família tenta há cinco dias corrigir documento

Uma família está passando por uma verdadeira via crucis para conseguir com que o Instituto Médico Legal (IML) corrija um documento público que foi preenchido de forma errada. Trata-se do atestado de óbito de Edilson Santos Silva, que morreu aos 38 anos num acidente na BR 316, por volta das 5 horas da manhã do último domingo (4).

Leia mais 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário