Quadrilha que realiza trotes do DDD 62 age novamente no PI

As vítimas receberam uma ligação do telefone 062 8409-5161.

03/01/2014 13:49h - Atualizado em 03/01/2014 15:28h

Compartilhar no

Nesta sexta-feira (03), duas mulheres de uma mesma família receberam a ligação de uma suposta quadrilha que tem agido recentemente a partir do DDD 62, referente ao Estado de Goiás. Felizmente, por já saberem dos trotes ocorridos nos últimos tempos, não chegaram a cair no golpe.

Logo pela manhã, Marinalva, que mora em Codó (MA), recebeu a ligação de um homem que se fez passar pelo seu primo.No desenrolar da conversa disse que havia batido o carro e precisava de dinheiro para pagar o conserto, pois no local onde estava não receberia em cheque. Acreditando que realmente se tratava de seu primo, Valmir, ficou de entrar em contato com a família para conseguir o dinheiro e depositá-lo.

Entretanto, quando ligou para a irmã de Valmir, Vanessa Santos que reside em Teresina, foi alertada de que poderia ter sido um trote, já que seu irmão mora em São Paulo. "Eu tinha conhecimento desse golpe porque ele já vem ocorrendo há algum tempo. Por isso, isso liguei para o meu irmão e vi que era um trote", disse Vanessa.


Vanessa Santos ainda retornou a ligação, mas eles não atenderam mais. Ela irá fazer um Boletim de Ocorrências

Horas depois, por volta das 13h05min, Vanessa acabou recebendo a mesma ligação, na qual o homem se passou por seu irmão e contou a mesma história. As vítimas não reconhecem nenhuma proximidade com os acusados e devem registrar um Boletim de Ocorrência para que o caso seja investigado.

As duas mulheres receberam uma ligação do telefone 062 8409-5161. Um outro caso aconteceu em dezembro. 


Leia mais: Quadrilha faz vítimas através de ligações telefônicas 

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário