Projeção mostra que Piauí deve manter altos índices da Covid-19 em abril

Segundo Jefferson Leite, professor doutor do departamento de Matemática da UFPI, média de novos casos e óbitos pela doença continuaram nos atuais patamares

09/04/2021 14:48h

Compartilhar no

Nas últimas 24 horas, a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) registrou 1.213 novos casos confirmados de pacientes infectados pelo novo coronavírus (Covid-19) e 46 vítimas fatais pela doença em todo o estado. Para Jefferson Leite, professor doutor do departamento de Matemática da Universidade Federal do Piauí (UFPI), os números mostram um pico da pandemia, que ainda deve se manter ao longo dos próximos 30 dias.

“Pela quantidade de óbitos por dia, é possível que estejamos testando muito pouco, ou seja, o número de casos que temos hoje parece não condizer com a realidade, no sentido da percentagem de positivados que chegam ao óbito. Porém, na perspectiva de modelo matemático, que não vê essa subnotificação, acreditamos que estamos em um pico, onde iremos passar por um platô de mais ou menos  um mês”, alerta o docente.

Jefferson Leite (Foto: Assis Fernandes/ODIA)

Em outras palavras, o efeito platô acontece quando os gráficos referentes à quantidade de casos ativos da Covid-19 diários ou de mortes permanecem os mesmos por um determinado tempo. Neste sentido, o professor explica que a tendência é de uma constância estatística, ou seja, significa que a curva de casos acumulados tende a crescer em uma velocidade reduzida, formando uma linha praticamente horizontal.

Segundo o matemático este cenário poderia ser mais animador caso as orientações sanitárias de combate à transmissão do vírus, como uso de máscara e álcool em gel, aliadas às medidas de restrições, fossem respeitadas pelos piauienses. “O que vemos é uma tentativa de isolamento social e de “lockdown parcial”, mas na prática percebemos que muitas pessoas ainda não seguem as regras como deveriam”, lamenta.

Além disso, Jefferson Leite pontua que outro fator para contenção da doença tem sido a vacinação da população. Isso porque as estatísticas revelam que o número de óbitos pela doença na faixa etária imunizada tem apresentado queda. “Isso mostra que se conseguíssemos acelerar a velocidade da vacinação, junto com essa parte de conscientização, certamente conseguiremos baixar o número de casos”, conclui.

Segundo dados da Sesapi, o Piauí já recebeu até o momento pouco mais de 591 mil doses de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde. Destas, 385.110 mil foram aplicadas, 315.252 na primeira etapa e 69.858 na segunda etapa de imunização. 

Compartilhar no
Fonte: Com informações da O Dia TV

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário