Professores do Ifpi reclamam de controle semanal hora a hora

Categoria diz que o Instituto está exigindo agenda com planejamento de atividades semanais do semestre e consideram a proposta inviável.

25/07/2017 16:34h - Atualizado em 25/07/2017 17:09h

Compartilhar no

Os professores do Instituto Federal do Piauí (Ifpi) estão protestando contra uma nova norma de controle de atividades proposta pela reitoria do Instituto aos docentes. O controle semanal hora a hora consiste em uma agenda ao começo de cada semestre contendo o planejamento das atividades a serem desempenhadas durante o período, dividas por horários e por semana. Para os professores, a medida é inviável porque engessa as atividades docentes e não contempla possíveis imprevistos que possam surgir na execução do cronograma.

De acordo com a professora Alyne Sousa, coordenadora do Sindicato dos Docentes do Ifpi (Sindifpi), os professores têm até a próxima quinta-feira (27) para entregar à reitoria o cronograma de atividades, um tempo considerado pela categoria como insuficiente para o planejamento adequado.

“Tem que ter em mente que o que nós entregarmos é o que deve ser cumprido no período, mas professor não tem como prever as atividades em sala com a exatidão que está sendo exigida. Nós sequer temos uma sala de reunião para poder dizer que de hora a tal a hora tal estaremos no local disponível para receber os alunos, como tem que ser posto no controle”, explica Alyne.

O Sindifpi disse que já procurou a reitoria do Instituto e foi informada de que a medida é uma recomendação da Controladoria Geral da União (CGU). No entanto, ao contatarem a CGU, no último dia 08, os professores foram informados de que das recomendações feitas, nenhuma dispõe diretamente a respeito de controle de atividades. Para a categoria, o controle de atividades está sendo imposto pela reitoria do Ifpi sem qualquer diálogo com os docentes.

O Sindicato tem uma audiência com a CGU e a reitoria do Ifpi prevista para acontecer no começo de agosto, ocasião na qual será discutida a viabilidade a implantação do controle de atividades semanal hora a hora.

Contraponto

A assessoria do Ifpi informou que a recomendação de controle das atividades dos docentes existe desde 2010 e que em 2015 ela se tornou obrigatória como uma forma de organizar as atividades desempenhadas pelos professores. De acordo com o Instituto, a carga horária do professor não se resume apenas à sala de aula, mas inclui orientações aos discentes, supervisão de estágio e atendimentos extra-classe e para organizar melhor os horários, está sendo pedido aos professores que o planejamento seja entregue com antecedência antes do início do período letivo.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário