PRF propõe a Firmino parceria para Strans fiscalizar trechos urbanos de BRs

A intenção do órgão federal é passar para o município, através da Strans, a competência da cobertura do trânsito nesses trechos, como é o caso das BRs 343 e 316.

02/06/2017 12:04h

Compartilhar no

O novo superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Wellendal Tenório, esteve reunido nesta sexta-feira (2) com o prefeito Firmino Filho (PSDB) em busca de uma parceria para o trabalho de fiscalização dos trechos urbanos de BRs cortam a capital piauiense. 

A intenção do órgão federal é passar para o município, através da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), a competência da cobertura do trânsito nesses trechos, como é o caso das BRs 343 e 316.

Firmino recebe superintendente da PRF no Piauí (Foto: Rômulo Piauilino)

Durante a reunião, ocorrida no Palácio da Cidade, o superintendente explicou que o município vem desempenhando um trabalho importante no trânsito, que vem gerando resultados positivos, desde a fiscalização até o atendimento em casos de acidentes. "Nós entendemos que a Prefeitura tem tido um bom trabalho em relação ao trânsito e à mobilidade e acreditamos que esse trabalho será bem desenvolvido também nesses trechos urbanos de BRs", afirmou Wellendal Tenório. 

Os principais trechos urbanos compreendidos nessa parceria seriam: na Avenida João XXIII, o que vai da ponte da Frei Serafim até o balão do São Cristóvão; e na BR 316, o trecho que segue até o balão do Porto Alegre. 

O prefeito Firmino Filho destaca que essas rodovias são importantes corredores de trânsito para a cidade e que estão também recebendo obras para melhorar o sistema de transporte público da capital, integrando a cidade através do BRT. 

"A parceria que a PRF nos propõe é fazer com que a Prefeitura possa fiscalizar esses trechos de rodovias federais, isso inclui a Avenida João XXIII, a Avenida Prefeito Wall Ferraz e outras avenidas que cortam nosso núcleo urbano. Basicamente teríamos autonomia para fiscalizar e estabelecer as regras. Hoje temos nessas rodovias uma velocidade máxima de 70km/h em alguns trechos, o que num núcleo urbano é bastante elástico. Então, isso serviria para que pudéssemos ter um trânsito mais calmo dentro dessas rodovias que atravessam a cidade", disse o prefeito.

Compartilhar no
Fonte: Da Redação

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário