• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

PM prende mãe suspeita de jogar recém-nascido em lixão no Piauí

Contra ela, havia um mandado de prisão preventiva expedido no dia 04 de dezembro.

28/12/2019 13:25h - Atualizado em 28/12/2019 15:34h

A Polícia Militar do município de São Pedro do Piauí prendeu, na tarde da sexta-feira (27), Regina Maria da Conceição suspeita de jogar um recém-nascido no lixão da cidade, em setembro deste ano, pouco depois de ter dado à luz. Contra ela, havia um mandado de prisão preventiva expedido no dia 04 de dezembro.

Segundo o delegado Otony Neto, que está de plantão na Delegacia de Polícia Civil de Água Branca, a mulher foi encaminhada para Teresina onde deverá passar por audiência de custódia. “Logo após a prisão dela, os policiais já a encaminharam para Teresina onde ela passará por audiência de custódia. As investigações do caso aconteciam há pelo menos dois meses”, conta.

Recém-nascido foi encontrado no lixão da cidade. Foto: Polícia Militar do Piauí.

O delegado Paulo Nogueira, titular da Polícia Civil de São Pedro do Piauí e que está responsável pelas investigações, já havia informado à imprensa que o caso estava sendo tratado como infanticídio – quando a morte do filho é provocada pela mãe.

A polícia chegou até Regina depois que foram encontradas roupas femininas usadas para enrolar o bebê, que foi encontrado sem vida dentro de um saco plástico. Essas roupas, segundo a polícia, seriam as mesmas que a suspeita vestiu em fotos publicadas em uma rede social.

Roupas que a suspeita trajava. Foto: Reprodução PM.

O corpo do recém-nascido foi encontrado por um catador de material reciclável que estava trabalhando no lixão, no dia 30 de setembro. Regina Maria deverá responder por infanticídio e, se condenada, cumprirá de 2 a 6 anos de prisão.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário