• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • Clínica Shirley Holanda
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Piauiense precisa trabalhar 55 dias para arcar com custos de enterro

Para cinco anos de investimento, o valor mensal a ser aplicado seria de R$ 41,99

27/10/2019 09:59h - Atualizado em 01/11/2019 15:53h

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados recentemente, mostram que o rendimento médio do Piauí é de R$ 1.375. Segundo um estudo feito por um site de investimentos, onde levou-se em consideração os custos médios de um enterro, com base em cada unidade da federação, constatou-se quantos dias são necessários para um trabalhador arcar com os custos de um velório.


(Foto: Arquivo ODIA)

A Associação Brasileira de Empresas Funerárias e Administraras de Planos Funerários (ABREDIF) mostra que o custo de um enterro gira em torno de R$ 2.500. Ou seja, para um piauiense arcar com os valores de um velório ele deve trabalhar 55 dias.

Na segunda parte do estudo, avaliou-se quanto seria necessário investir ao mês para ser possível custear esses valores. Para cinco anos de investimento, o valor mensal a ser aplicado seria de R$ 41,99, com o aporte mensal sendo investido em algum título que renda a taxa básica de juros comparado ao valor médio do enterro sendo inflacionado pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. Esse valor se reduz com o tempo: R$ 20,99 para 10 anos, R$ 10,31 para 20 e assim por diante.

Por: Isabela Lopes

Deixe seu comentário