Piauí terá conexão 5G em todas as cidades e 4G em trechos de rodovias, diz Ministério

Planejamento do órgão prevê ainda a instalação de internet em fibra ótica em todas as localidades que ainda não possuem este tipo de tecnologia.

28/11/2021 11:50h

Compartilhar no

O Ministério das Comunicações divulgou neste domingo (28) o planejamento inicial da infraestrutura das telecomunicações para os estados do Nordeste que serão beneficiados com a tecnologia, cujo leilão aconteceu recentemente.  De acordo com o projeto, o Piauí, além dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe, terão acesso à rede 5G em todos os municípios e 4G em localidade com pouca ou nenhuma conexão e em trechos de rodovias sem cobertura de rede móvel.


Leia também: Telefonia no Piauí: 14% dos celulares não tem acesso à internet 


Além da ampliação da rede de internet, a licitação das faixas de radiofrequência abriu também o mercado para duas novas operadoras de telefonia móvel na região além das maiores empresas que atuam no momento no país como a Tim, a Vivo e a Claro. Uma das empresas já possui operações no Piauí oferecendo internet residencial por fibra ótica.

Para o ministro das Comunicações, Fábio Faria, a chegada das novas operadoras é fundamental para ampliar a concorrência e reduzir os preços praticados hoje no setor de telefonia móvel no Brasil. Todos os investimentos para estender a conexão a todos os municípios piauienses e às demais cidades do Nordeste serão feitos pelas operadoras que arremataram os lotes das faixas de radiofrequência leiloadas.


Foto: Jailson Soares/O Dia

“Nosso propósito ao realizar um leilão não-arrecadatório é permitir que os valores das outorgas possam ser investidos em melhorias diretas para a população. Vamos ampliar a digitalização no Brasil e conectar os brasileiros de todas as regiões”, destacou Fábio Faria. 

A Expectativa é que a rede 5G chegue a todas as cidades piauienses gradualmente até 2029. A capital, Teresina, assim como as demais capitais do Nordeste, serão as primeiras a receber o 5G, até julho de 2022. Em seguida, vêm as cidades com mais de 500 mil habitantes até o início de 2023 e, de forma escalonada, a cobertura de estenderá às demais cidades. 

Em todo o Nordeste, o Ministério das Comunicações prevê ainda a cobertura 5G em 1.148 localidades que não são sedes municipais, e 1.700 localidades priorizadas em todo o Brasil. Vale lembrar que pelo edital do leilão, as empresas ficam comprometidas a ampliar também a cobertura 4G, assumindo que esse é o novo padrão mínimo de conectividade no país.

Além de sedes municipais e pequenas localidades, 776 trechos de rodovias federais que cortam o Piauí e os demais estados do Nordeste terão cobertura de internet 4G, totalizando 11,2 mil quilômetros de estradas. O prazo para garantir a infraestrutura nas rodovias encerra em 2029, mas há metas anuais a serem cumpridas.

O edital de licitação também prevê para o Piauí a instalação de transmissão de fibra ótica em municípios que ainda não dispõem desta tecnologia. Em todo o Nordeste, serão 10,5 mil Km de cabos instalados para conectar as cidades até 2026.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações do Ministério das Comunicações

Deixe seu comentário