• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Piauí tem a menor taxa de divórcio registrado no Brasil em 2018, diz IBGE

De acordo com o órgão, a proporção é de que aconteça um divórcio para cada cinco casamentos.

04/12/2019 16:28h - Atualizado em 04/12/2019 17:16h

O Piauí tem a menor taxa de divórcio oficializados em 2018 no Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quarta-feira (04). De acordo com o órgão, a proporção é de que aconteça um divórcio para cada cinco casamentos.

Piauí tem a menor taxa de divórcio registrado no Brasil em 2018, diz IBGE. Foto: Reprodução IBGE

Em cenário nacional, ocorreram cerca de três matrimônios para cada separação em 2018. Isso significa dizer que o Piauí registrou, proporcionalmente, menos divórcios do que a média do Brasil.

Casamento comunitário. Foto: Jailson Soares.

No mesmo período, a pesquisa apontou também que 37,57% dos divórcios realizados no Piauí não foram consensuais, ou seja, não aceito por ambas as partes. Destes, 50,25% foram solicitados pelos homens e 49,75% pelas mulheres. Nesta etapa do estudo, foram analisado apenas casamentos heterossexuais.

Houve 763 divórcios nos quais o casal tinha filhos menores. Dentre eles, cerca de 77,85% das mulheres e 8,25% dos homens ficam com a guarda dos filhos com menores de idade após o fim do relacionamento. A guarda foi compartilhada para 10,61% dos casais.  

Comparações com outras regiões

A taxa geral de divórcios concedidos no Piauí em 2018 é de 0,9%. O valor do Estado ficou bem abaixo da média do país, que é de 2,6% (gráfico acima). A menor taxa por região foi no Nordeste (1,9%), seguido do Norte (2,2%), Sul (2,4%), Centro-Oeste (2,6%) e Sudeste (3,1%). No Nordeste, apenas o Alagoas possui taxa superior ao do Brasil, sendo de 3,2%. Enquanto no Sul, somente Minas Gerais apresenta valor abaixo da média nacional, com 2,4%.

O número de divórcios registrados no Piauí em 2018 foi 19,25% menor em comparação a 2017. No Brasil, houve uma variação de 3,22% a mais na quantidade de divórcios nesse mesmo período. No entanto, considerando-se os divórcios concedidos nos anos de 2009 e 2018, houve aumento de 39,33% para o Piauí e de 120,46% para o Brasil.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário