Piauí registra o maior crescimento do PIB per capita no país no período de 2002 a 2019

O crescimento, de acordo com o IBGE, foi de 561%, tendo passado de R$ 2.440,00 em 2002 para R$ R$ 16.125,00 em 2019.

12/11/2021 12:05h

Compartilhar no

Segundos dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira (12), o Piauí foi a unidade da federação que apresentou o maior aumento percentual no PIB per capita no país, na série histórica de 2002 a 2019. O crescimento, de acordo com o IBGE, foi de 561%, tendo passado de R$ 2.440,00 em 2002 para R$ R$ 16.125,00 em 2019. 


Leia também: Governo Bolsonaro anuncia mais nove milhões para investimentos em três cidades do Piauí 

Apesar desse aumento recorde, o Piauí saltou apenas uma colocação no ranking nacional, passando da 27ª para a 26ª posição, superando unicamente o estado do Maranhão, que em 2019 registrou um PIB percapita de R$ 13.757,94. Nesse mesmo período, o Brasil registrou um aumento médio no PIB percapita de 316%.

O maior PIB percapita do país é o do Distrito Federal, com R$ 90.742,75, o equivalente a 2,6 vezes o PIB percapita do Brasil. Na sequência vem São Paulo, com um PIB percapita de R$ 51.140,82, equivalendo a 1,5 vez o PIB percapita do país. O Piauí, com R$ 16.125,00, equivale a 0,5 vez ou 50% do valor do PIB percapita do país, o que representou um aumento em relação a 2002, quando equivalia a 0,3 vez ou 30% do valor do PIB percapita do Brasil.

Piauí registra o quinto maior crescimento acumulado do PIB no país de 2002 a 2019

Na série histórica do PIB, no período de 2002 a 2019, o Piauí apresenta o quinto maior crescimento acumulado do PIB no país, da ordem de 88,9%, o que equivale a uma média anual de aumento de 3,8%. Como consequência, a participação relativa do Piauí no PIB do país também se elevou, tendo passado de 0,5% em 2002 para 0,7% em 2019, fazendo com que o estado melhorasse sua posição no ranking, saltando da 23ª posição em 2002 para a 21ª em 2019.

Os estados que superam o Piauí em crescimento acumulado do PIB, no período de 2002 a 2019, são: Mato Grosso (130,4%), Tocantins (125,3%), Roraima (100%) e Rondônia (89,0%). Em 2018, o Piauí ocupava a quarta posição no ranking, tendo sido ultrapassado em 2019 pelo estado de Rondônia.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Com informações do IBGE.

Deixe seu comentário