• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Piauí contabiliza 14 casos suspeitos de coronavírus e 07 descartados

Dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi). Até o momento não há confirmações de pacientes com o vírus da doença no Estado.

12/03/2020 16:00h - Atualizado em 12/03/2020 16:25h

Nova atualização da Secretaria de Saúde, divulgada nesta quinta-feira (12), aponta 14 casos suspeitos do novo coronavírus no Piauí. Sete deles já foram descartados pelo Laboratório Central (Lacen), mas aguardam a contraprova para serem excluídos. Até o momento não há confirmações de pacientes com o vírus da doença no Estado.

Em pronunciamento oficial, a diretora de vigilância da Fundação Municipal de Saúde (FMS) esclareceu que a mudança do estado do Covid-19 para pandemia, já classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é um alerta que cobra da população e dos governantes medidas protetivas contra infecções respiratórias.  

“Isso quer dizer cobrar da população as medidas protetivas como também dos governantes um olhar mais intenso, com mais cuidado para as infecções respiratórias. Até o momento, não existe nenhuma determinação do Ministério da Saúde para serem mudados os protocolos de saúde”, declarou.

75% da população brasileira usa o SUS e 25% a rede particular de saúde Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo

Uma portaria conjunta da Presidência do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) e da Corregedoria Geral da Justiça do Estado (CGJ-PI) determinou regime de teletrabalho aos servidores que retornarem de áreas de surto reconhecido. De acordo com o presidente do TJ-PI, Sebastião Martins, a iniciativa é prevenir a incidência da doença.

Segundo informações que constam na Portaria N° 851/2020, o regime de teletrabalho estabelece 15 dias aos servidores que tenham regressado de viagens a localidades reconhecidas pelo surto do Covid-19, como também àqueles servidores que convivam com pessoas que estão na mesma situação.

Em Teresina, foi sancionada pelo prefeito Firmino Filho a lei que estabelece os procedimentos que podem ser adotados pelas autoridades locais em caso de emergência de saúde pública decorrente do coronavírus.

Conforme a lei municipal, haverá obrigatoriedade da atualização dos dados confirmados, suspeitos e em investigação, além do tratamento gratuito aos pacientes afetados.

Como se prevenir do novo coronavírus?

A população deve ficar alerta para as medidas de prevenção, que incluem higienizar mãos com água e sabão ou com álcool em gel; cobrir nariz e boca ao tossir ou espirrar; não tocar nos olhos, nariz e boca com mãos sujas e manter cartão de vacina atualizado. Já no ambiente hospitalar, se tiver algum caso suspeito, a equipe deve usar os equipamentos de proteção individual, preconizados pelo Ministério da Saúde.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia com informações do TJ-PI e Prefeitura de Teresina

Deixe seu comentário