Peinha do Cavaco, histórico sambista piauiense, morre em hospital de Teresina

O artista havia sido internado após apresentar problemas cardíacos e no fígado

13/05/2021 17:49h

Compartilhar no

O sambista Peinha do Cavaco faleceu na tarde desta quinta-feira (13), em um hospital particular de Teresina, onde havia sido internado após problemas cardíacos e no fígado. A família do artista ainda não informou onde e como será o sepultamento e velório.

Peinha do Cavaco (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Peinha do Cavaco é um dos mais importantes e respeitados sambistas do Piauí. Sua longa trajetória no cenário musical ganhou destaque pelas composições, principalmente para os enredos das escolas de samba da capital. Todo seu repertório foi marcado pelo resgate ao chamado samba de raiz, cantando músicas tradicionais, mas que não aparecem mais na mídia nos dias atuais.

A morte de Peinha do Cavaco foi recebida com muita tristeza por seus familiares e colegas de trabalho. O cantor Robert Glaydson, do grupo Piauí Samba, disse à reportagem do O DIA que o amigo era uma “verdadeira escola de samba” e o “baluarte” responsável por iniciar e popularizar as rodas de samba em Teresina.

(Foto: Reprodução/PMT)

“O Peinha deixa um legado muito grande. ele era aquele boêmio que sempre era bem visto nas rodas de samba. A gente sempre aprendeu muito com ele, que tinha um repertório apurado e afinadíssimo. Ele tem uma história muito grande e nosso estado perde muito com a sua partida”, afirma Glaydson.

Peinha do Cavaco esteve recentemente no Rio de Janeiro, ocasião em que gravou um CD com a ajuda do mesmo produtor musical do cantor Zeca Pagodinho e do grupo Fundo de Quintal, trabalho que não chegou a ser lançado por conta da pandemia.


Além de organizar o lançamento do material inédito, amigos estão organizando uma outra homenagem a Peinha. “Sambista tem que ter uma despedida a nível do samba. Ainda estamos vendo como não aglomerar, mas ele não vai deixar de ter uma roda de samba hoje”, enfatizou Glaydson.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário