• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Padre orienta para abstinência das redes sociais na Quaresma

O tempo gasto no celular e nas redes sociais podem ser diminuídos e destinado a leitura dos evangelhos

26/02/2020 15:58h

A Quaresma, que tem teve início nesta Quarta-feira de Cinzas para os Católicos, é um período de preparação para a ressurreição de Jesus Cristo. Nesses 40 dias, os fiéis são orientados a realizar jejuns, orações e obras de caridade que lembrarão a tradição bíblica do sacrifício que Cristo realizou em benefício de todos.

O padre Rômulo Castro lembrou que penitência que a Quaresma exige pode ser em vários os sentidos, que vão desde alimentação até atividades que estão presentes no dia a dia dos fiéis. Na era da tecnologia, se abster das redes sociais é uma boa forma, segundo o religioso, para se conectar com Deus.

O tempo gasto no celular e nas redes sociais podem ser diminuídos e destinado a leitura dos evangelhos nesse período. O padre aconselha que cada pessoas pode avaliar sua relação com a internet e buscar se voltar para a fé.

“Abstinência nessa perspectiva tecnológica é importante para nos ligarmos mais ao evangelho. Devemos desconectar um pouquinho da rede social – mas cada um dentro da sua realidade, das suas necessidades. Não devemos fazer com que isso escravize o coração das pessoas. Devemos seguir esse caminho de se conectar mais com o evangelho”, disse.

Padre Rômulo Castro (Foto: Elias Fontinele / O Dia)

O que é Quarta-feira de Cinzas

O padre Rômulo explicou que a Quarta-feira de Cinzas além de abrir o Tempo da Quaresma lembra aos cristãos sobre a humildade e como a vida é passageira na terra.

“Na Quarta-feira de Cinzas nós estamos começando o caminho da Quaresma, onde a gente vai se preparar para viver o mistério pascoal de Cristo. As "cinzas" é muito antiga na tradição da história da Igreja e até mesmo no antigo testamento. As cinzas é um produto dos ramos da Missa de Ramos do ano passado que foi queimado e tem o simbolismo de morte, para que possamos lembrar que nossa vida é passageira. A cinza nos remete a humildade, o desejo de conversão do nosso coração”, comentou.

“A Páscoa é o mistério central de nossa fé. E a Quaresma existe por causa disso. Ao longo de sua história, a Igreja foi percebendo a necessidade de construir esse caminho de preparação para não vivermos distraídos esse período”, completou.

Campanha da Fraternidade

Nesta quarta-feira (26), foi lançada a Campanha da Fraternidade 2020. Com o tema, “Fraternidade e Vida: dom e compromisso", a campanha é baseada no texto bíblico “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”.

AConferência Nacional dos Bispos do Brasil explicou que o objetivo da Campanha da Fraternidade deste ano é o cuidado mútuo entre as pessoas nas mais variadas relações humanas. 

Por: Otávio Neto

Deixe seu comentário