Operação Sustentare: 34 animais são apreendidos no Piauí

A operação foi realizada municípios de Avelino Lopes, Curimatá, Júlio Borges, Morro de Cabeça no Tempo, Gilbués e Floriano.

22/11/2018 11:20h - Atualizado em 22/11/2018 16:12h

Compartilhar no

Em parceria com a Polícia Rodoviária Federal e a Secretária Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAR),  a Polícia Civil deflagrou a Operação Sustentare, que investiga crimes ambientais no Sul do Piauí. A operação foi realizada municípios de Avelino Lopes, Curimatá, Júlio Borges, Morro de Cabeça no Tempo, Gilbués e Floriano. A ação conjunta da Polícia Civil, PRF e Semar teve início no último dia 14 e foi finalizada ontem (21). 


A operação durou oito dias. Foto: Divulgação/PRF

De acordo a PRF, as principais ocorrências registradas foram crimes de trânsito e crimes ambientais, como excesso de peso, transporte irregular de madeira e produtos perigosos. Também foram encontrados crimes contra a ordem econômica, como furto e receptações de veículos, além de infrações administrativas. 

Em oito dias de operação, cinco pessoas foram detidas e encaminhas para a Polícia Civil. Foram apreendidos ao todo, 34 animais, entre eles nove cotias e 25 pássaros; cerca de 12 toneladas de madeira extraída sem autorização; 85 toneladas de madeira transportada de forma ilegal; duas motosserras e duas motocicletas.

Segundo a PRF, o valor total das multas aplicadas durante a Operação Sustentare foi de R$ 57.300 mil, que serão recolhidos em favor do fundo estadual do meio ambiente.

Compartilhar no
Edição: Viviane Menegazzo
Por: Geici Mello

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário